Bastidores

A TV Cultura teve uma participação fundamental na pesquisa e na experimentação de linguagens no campo da teledramaturgia. A partir de 1974, com o programa Teatro 2, produziu dezenas de teleteatros, que trouxeram ao grande público importantes obras nacionais e estrangeiras da dramaturgia e da literatura, especialmente adaptadas para a televisão.

A série Antunes Filho em Preto e Branco mostrou as produções de um dos maiores diretores de teatro do Brasil, em sua curta e fecunda passagem pela televisão nos anos 70, dentro do programa Teatro 2. A série de 16 programas foi ao ar em cópias digitalizadas, semanalmente, às quintas-feiras, às 22h40.

O telespectador teve a oportunidade de conhecer uma produção pouco difundida do diretor cuja obra teatral tornou-se referência e é discutida e festejada por críticos e pesquisadores.

Os programas, com 75 minutos de duração, foram divididos em três blocos cujos intervalos contaram com depoimentos e debates com o objetivo de enriquecer a apresentação buscando um novo olhar sobre as obras exibidas.

Antunes Filho em Preto e Branco foi substituído no horário no ano seguinte com uma nova série de teleteatros produzidos pela Cultura nos anos 70: Grande Teatro em Preto e Branco.

Cultura – 22h40
de 9 de novembro de 2006 a 22 de fevereiro de 2007
direção de Antunes Filho
09/11/2006 – a casa fechada de Roberto Gomes, com Karin Rodrigues, Dina Lisboa, Jairo Arco e Flexa e Elizabeth Savalla.
16/11/2006 – a implosão de Consuelo de Castro.
23/11/2006 – alô, alguém aí? de William Saroyan, com Antônio Fagundes e Beth Goulart.
30/11/2006 – reveillon de Flávio Márcio, com Nathália Timberg.
07/12/2006 – o torniquete de Luigi Pirandello, com Raul Cortez e Lilian Lemmertz.
14/12/2006 – retrato de uma solteirona de Tennessee Williams.
21/12/2006 – solness, o construtor de Henrik Ibsen, com Cláudio Corrêa e Castro e Ângela Valério.
28/12/2006 – crime e castigo de Fiódor Dostoiévski, com Rodrigo Santiago.
04/01/2007 – vestido de noiva de Nelson Rodrigues, com Lílian Lemmertz, Edwin Luisi, Nathália Timberg e Neusa Maria Faro.
11/01/2007 – a escada de Jorge Andrade, com Rodolfo Mayer (Antenor), Carmem Silva (Melica), Cláudio Corrêa e Castro (Francisco), Maria Luiza Castelli (Maria Clara), Karin Rodrigues (Helena Fausta), Antonio Fagundes (Vicente), Imara Reis (mulher de Vicente), Esther Góes (mulher de Francisco), Maria Eugênia de Domenico (Zilda), João Signorelli (Omar), Benedito Corsi (Juca).
18/01/2007 – somos todos do jardim de infância de Domingos de Oliveira, com Raul Cortez, Antônio Fagundes, Cláudia Alencar e Nádia Lippi.
25/01/2007 – no vale do diabo de J. M. Synge, com Lílian Lemmertz, Raul Cortez, Wálter Stuart e Nuno Leal Maia.
01/02/2007 – lua amarela de Lygia Fagundes Telles, com Thaia Perez, Maria Eugênia de Domenico, Elísio de Albuquerque e Leonor Navarro.
08/02/2007 – um caso extraordinário de Eugênio Heltai, com Carlos Koppa.
15/02/2007 – cordiais saudações, mr. kissinger de Lenita Plonczynski.
22/02/2007 – tudo ou nada de Benedito Corsi.

Veja também

  • contosdameianoite_logo

Contos da Meia-Noite

  • teatroratimbum_logo

Teatro Rá-Tim-Bum