Sinopse

Um empregado desmotivado esperando ser demitido, um “puxa-saco” incorrigível, um bonitão conquistador e uma secretária prestativa e divertida são personagens comuns a qualquer empresa. E na Colapax não é diferente. O dia a dia de um escritório e as divertidas histórias da secretária Valquíria e de seus colegas de trabalho.

Valquíria, mais conhecida como Val, é a secretária da filial carioca da Colapax, uma empresa catarinense líder no mercado de colas. Há cinco anos no cargo, ela é o braço direito do gerente Guilherme. Além de lidar com o ego do chefe, Val precisa equilibrar a loucura de seus colegas. Responsável por tudo na empresa e sobrecarregada de funções, ela está sempre esperando que um milagre aconteça e seu chefe resolva lhe dar um aumento. Afinal, é mãe solteira e precisa se desdobrar para criar sozinha a filha Stephany. Mas nada que tire seu bom-humor.

Apesar de uma rotina atribulada, Val consegue encontrar um tempo para namorar. Caíque (Alexandre Nero), seu colega de trabalho, é o galanteador da empresa e mantém um relacionamento com ela. Conhecendo a fama do vendedor, a secretária está sempre com um pé atrás com a relação.

Globo – 23h
de 3 de abril a 15 de maio de 2011
7 episódios

série de Paulo Cursino
direção geral de José Lavigne
direção de núcleo de Guel Arraes

INGRID GUIMARÃES – Valquíria
PEDRO PAULO RANGEL – Guilherme
ALEXANDRE NERO – Caíque
STÊNIO GARCIA – Nestor
DANIELE VALENTE – Amanda
LUÍS MIRANDA – Jorge
FERNANDO CEYLÃO – Chico
ORÃ FIGUEIREDO – Paiva
ÍCARO SILVA – Kleiton
CLÁUDIA MELLO – Flora
ISABELLA CUNHA – Stephany
O seriado foi lançado em 28/12/2010 como um especial de fim de ano, e entrou para a grade de programação fixa a partir de abril de 2011.

O programa abordava a rotina de um escritório com humor e com histórias próximas à realidade do público, cujo objetivo era fazê-lo se identificar com o dia a dia desses personagens.

Mas este objetivo não foi atingido. Depois de 7 episódios apresentados, foi cancelado por baixa audiência. Batendo Ponto chegou a deixar a Globo em quarto lugar no Ibope, perdendo para o SBT, RedeTV!, Record e Band.

O diretor José Lavigne disse em entrevista ao UOL:
“A gente não conseguiu acertar. É um horário muito difícil. O elenco foi muito esforçado, principalmente a Ingrid Guimarães, mas não deu. Se
você pegar o primeiro episódio, vai ver que ele está muito diferente deste que vai ao ar no próximo domingo (15). A gente ficou tentando ajustar para acertar, mas não deu. Ninguém gosta de perder. Nem a Globo, nem eu. Mas não ia adiantar ficar protelando esse fim.”

Veja também

  • carinhadeanjo

Carinha de Anjo

  • rockstory

Rock Story

  • leidoamor

A Lei do Amor

  • solnascente

Sol Nascente