Sinopse

O colégio Primeira Opção abriu uma filial. A nova unidade é resultado de uma parceria entre o professor Livramento, até então diretor do colégio, e da ex-aluna Tereza Marins, uma pedagoga que propõe uma extensão da instituição para se tornar referência de educação na cidade. Com a ajuda da mãe, a orientadora educacional Vera, elas implementam uma sede enxuta e bem equipada, mantendo um clima familiar e acolhedor, com infra-estrutura de ponta e professores altamente qualificados.

Pedro é um jovem morador da periferia que, aos 18 anos, está perdendo o fôlego por conta do peso dos estudos, dos problemas financeiros, das responsabilidades familiares e das suas próprias ambições e desejos. Ele ingressa no Primeira Opção quando conquista o primeiro lugar em uma seleção para bolsas de estudo. Mas, para conseguir ir às aulas, se manter e ajudar sua família, tem que dividir a rotina entre colégio e trabalho. DJ profissional, Pedro faz sucesso com seus mash-ups e junta o dinheiro que ganha animando festas para auxiliar os pais. O rapaz ainda negocia com a diretora da escola uma ajuda semelhante para seu irmão, o rebelde Theo.

Aparentemente, Catarina é uma menina de classe média como outra qualquer. Mas, da porta de sua residência para dentro, ela é uma verdadeira dona de casa, sobrecarregada por obrigações domésticas e familiares. Ela assumiu vários compromissos adultos em casa, já que sua mãe trabalha em um hospital público. Catarina também organiza festas dentro de um galpão abandonado de um clube perto do colégio, conhecido entre a galera adolescente por Caldeira.

Estudantes do colégio Primeira Opção, é neste ambiente que Catarina e Pedro se encontram. Os dois, embora venham de mundos aparentemente diferentes, vão descobrindo que seus conflitos, gostos musicais, sonhos e expectativas são muito mais parecidos do que imaginavam. E eles irão se apaixonar, embora não admitam isso tão cedo. O primeiro beijo do casal será uma forma de Catarina causar ciúmes no namorado Eric. A relação dos dois já está mais para lá do que para cá e ela ficará bastante balançada pelo novato do colégio. Mas tanto Catarina quanto Pedro ainda vão demorar um tempinho para admitir o que realmente sentem um pelo outro.

Globo – 17h45
de 23 de agosto de 2010 a 26 de agosto de 2011

de Emanuel Jacobina
colaboração de Flávia Bessone, Gabriela Amaral, Márcio Vilson e Zé Dassilva
direção de Adriano Mello
direção geral de Leonardo Nogueira
núcleo Ricardo Waddington

BRUNO GISSONI – Pedro
DANIELA CARVALHO – Catarina
ARIELA MASSOTTI – Raquel Bazin
IVAN MENDES – Guilherme
MARCELLO MELO – Maicon
MARIA PINNA – Babi
RONNY KRIWAT – Théo
HELENA RANALDI – Tereza
RODRIGO VERONESE – João
GISELA REIMANN – Cláudia
JOELSON MEDEIROS – Fausto
INEZ VIANNA – Dona Zica
MARCOS WINTER – Odilon
CRIS NICOLOTTI – Vera
WÁLTER BREDA – Agenor
AÍLTON GRAÇA – Seu Pintinho
NATHALIE JOURDAN – Duda
BERNARDO MESQUITA – Fred
JÚLIA ORISTÂNIO – Josiane
LUIZA CASÉ – Lorelai
GABRIEL CHADAN – Lúcio
DUAM SOCCI – Eric
ANNA RITA CERQUEIRA – Milena
LUCCI FERREIRA – Rick
SANDRA CORVELONI – Lurdes
RANIERI GONZALEZ – Geraldo
LUCIANA BORGHI – Railda
ALEXANDRE BARROS – Dr. Roberto Segadas
JACQUELINE DOLABONNA – Iara
ULLY LAGES – Kátia
YAGO MACHADO – Flavinho
ANDRÉ PELLEGRINO – Marcos
LUCAS SALLES – Dodói
ALICE WEGMANN – Andréa
ANA TERRA – Ângela
CAROLINA LAVIGNE – Laura
PEDRO MAYA – Obama
FÁBIO BELTRÃO – Cadu
JÚNIOR MADALENA – Franja
PEDRO VAN HELD – Arthur
FLÁVIA CUNHA – Raíssa
ÍGOR COSSO – Rafael
MV BILL – Antônio
MÁRCIO RIBEIRO – Romero
MARIO JOSÉ PAZ – André Farnel
ARLETE HERINGER – Márcia Carneiro
GENÉZIO DE BARROS – Hélio
MARIZABEL PACHECO – Creuza
KIKO VIANELLO – Inspetor Moraes
CHRISTIANE ALVES – Drª Luiza
e
BETHITO TAVARES – ajudante de Pedro e Catarina na Caldeira
BETO QUIRINO – Raimundo
CAMILO BEVILACQUA – Marcelo
CHICO EXPEDITO – delegado
CLÁUDIA VENTURA – Nívea
CHRISTIAN COELHO
DANDARA DE MORAIS – Júlia
DUDU PIRES
ED OLIVEIRA – integrante da torcida organizada que sequestra Maicon e Babi
GILBERTO MARMOROSCH – Agostinho
GUSTAVO GOULART – bad boy que ofende Catarina e leva um soco de Raquel
HUGO RESENDE – Dênis (jogador de futebol que renega seu passado pobre)
LÉO WAINER – mestre de cerimônia que anuncia Carlito como novo presidente do Nacional
MARCO MARCONDES – Carlito (cartola, marido de Marlene)
RAONI CARNEIRO – Rogério (fotógrafo interessado em lançar Duda como modelo)
REBECA BUENO – médica amiga de Claúdia
RICARDO PAVÃO – Anísio
RITA GUEDES – Marlene (mulher de cartola que seduz Maicon)
RODRIGO RANGEL – torcedor que reclama com Dona Zica
SAULO RODRIGUES – policial em que Agenor dá queixa do sumiço de Julinha
SHEILA MATTOS – mãe de Ângela
THALMA DE FREITAS – Natália (mãe de Júlia)
THIAGO JOSÉ DE BORBA – Mathias
VANESSA JARDIM – Anita (maria-chuteira)
ZELI OLIVEIRA – Dona Dalva
Eles já suaram a camisa na academia da moda e queimaram os neurônios nas aulas do Múltipla Escolha e do Primeira Opção. Criador do programa com Andréa Maltarolli, Emanuel Jacobina reassumiu esta nova temporada da trama.
“Estou assumindo a trama como um marco zero. É um recomeço” – avisou Jacobina, para logo ponderar: “Todo autor que entra em Malhação tenta fazer uma coisa diferente do que foi feita. Às vezes acerta e às vezes erra.”

Jacobina tem conhecimento de causa. Há dez anos longe de Malhação, ele já esteve à frente da trama em dois momentos fundamentais. Escreveu os dois primeiros anos da novela-teen e retornou ao posto em 1999, quando o colégio Múltipla Escolha virou o cenário central e as casas dos personagens também passaram a aparecer na história.

O colégio da trama foi o mesmo Primeira Opção da temporada Malhação ID – que transformou o ator/cantor Fiuk em astro teen, mas não decolou em termos de audiência. Só que com um novo conceito: numa outra sede, menor e com turmas pequenas.

“Essa temporada traduz a essência do mash-up [gênero de música tocado pelo DJ Pedro, vivido por Bruno Gissoni]: é possível ter uma junção de culturas diferentes, com visões de mundo distintas, e ter nessa mistura algo ainda mais interessante do que se teria em um ou outro canto isolado da cidade”, explicou Jacobina.

A nova fase do programa englobou não apenas tramas que destacavam questões sobre o preconceito social, como também abordou os riscos e prazeres típicos da adolescência.
“Fora divertir e entreter, que é nossa função primeira, Malhação tem uma capacidade de informar, de levantar questões pertinentes ao universo jovem e de discutir esses temas de uma forma que eu não vejo em nenhum outro lugar”, afirmou Ricardo Waddington, diretor de núcleo.

Estreante como ator de TV, o rapper MV Bill foi um dos professores do colégio Primeira Opção.

A principal preocupação do figurino desta nova temporada de Malhação foi fugir do caricatural. A figurinista Marina Alcântara e sua equipe fizeram pesquisa na moda de rua e utilizaram o site WGSN para acompanhar as tendências.
“Com esta ferramenta, podemos ver o que está sendo usado em todos os cantos do mundo. Estou encantada. Além disso, observo muito no meu dia a dia os jovens que me rodeiam, pois é com eles que queremos falar”, contou Marina.

Um estilo diferente foi elaborado para cada personagem. Catarina (Daniela Carvalho), por exemplo, usava muitas roupas com estampas em xadrez.
Já a marca de Pedro (Bruno Gissoni) era sua jaqueta jeans. De todos, a personagem Babi (Maria Pinna) era a mais conectada com o mundo da moda e trazia em sua composição novidades e tendências, misturando estilo militar, rock´n roll e romântico.

Outro detalhe interessante é que cada personagem usou um modelo específico de tênis.
“O jovem em geral usa muito tênis e marcamos um estilo diferente para cada um”, explicou Marina.

Pela primeira vez o colégio, principal cenário de Malhação, apareceu inserido em uma cidade. Como referência, Flávia Yared e a equipe de cenografia pesquisaram a arquitetura de escolas de corrente construtivista que são referência de ensino no Rio de Janeiro e no exterior.
“A arquitetura nacional e internacional deste tipo de colégio é bem leve, com planos de vidro, breezes de ferro e madeira. Nos inspiramos nisso para desenhar o Primeira Opção”, contou Flávia.

Dentro do colégio, havia nove diferentes ambientes: a midiateca, a cantina, a sala dos professores, a sala da diretora, os banheiros, a administração e as salas de aula. O Primeira Opção estava inserido na cidade cenográfica, que tinha prédios residenciais, uma praça, o bar Botecão, uma loja de conveniência e uma república.
“Para a elaboração da cidade, utilizamos a Gávea, no Rio de Janeiro, como referência. É um bairro arborizado e agradável”, disse a cenógrafa.
Ao todo, a cidade tinha dois mil metros quadrados de área.

A Caldeira também se localizava na cidade cenográfica, um pouco mais afastada das demais construções. Havia ainda o interior dos prédios e do Hospital Municipal do Paço, que foram feitos em estúdio. Era no hospital que ficava claro o principal conceito da temporada, de “cidade partida”, uma vez que as casas de Catarina (Daniela Carvalho) e de Pedro (Bruno Gissoni) tinham aspectos cenográficos que marcavam as diferenças entre periferia e bairro nobre.
“Embora Catarina não seja de classe muito alta, seu apartamento é novo, como se tivesse sido construído na década de 90. Ela tem na sala uma TV de plasma e muitos livros. Já Pedro mora em uma casa mais simples, que teria sido construída na década de 50. Tudo o que sua família possui, ela mantém com capricho, mas é evidente que não tem a mesma condição financeira de Catarina. É uma linguagem subliminar, que passa pelos móveis e pela decoração utilizada nesses cenários”, explicou Flávia.

Além das casas dos protagonistas, existia o cenário da república. Nele, havia “um móvel de cada pai”, como denominou a cenógrafa. A mobília não combinava entre si, como se cada morador tivesse trazido um objeto de um lugar diferente. Havia também o cenário da delegacia e do Hospital Municipal do Paço.

Trilha Sonora Internacional

malhacaoid2t
01. TEENAGE DREAM – Katy Perry
02. TIK TOK – Ke$ha
03. ALL IN HAND – Lowrider (tema geral)
04. KEEP ME IN MIND – Little Joy
05. CONCRETE JUNGLE – Diafrix (tema geral)
06. EVERYBODY WANTS TO RULE THE WORLD – Leo Mancini
07. BETTER DAYS – John Nathaniel
08. EYES FOR EYES – Tipo Uísque
09. DEFINITELY SURE – Double You (tema de Pedro e Catarina)
10. CORNER OF MY STREET – Alan Clark (tema romântico geral)
11. WALKIN’ THE BLUES – Diesel
12. GIRLS CAN ROCK – Lu Alone
13. FINE – Tiago Iorc

Trilha Sonora Nacional (não lançada comercialmente)

LOURINHA BOMBRIL – Bangalafumenga (tema de abertura)
METEORO – Luan Santana (tema romântico geral)
FUGIDINHA – Michel Teló (tema geral)
PAGA PAU – Fernando & Sorocaba (tema geral)
TÁ SE ACHANDO – Guilherme & Santiago (tema geral)
QUE SE DANE O MUNDO – Adair Cardoso (tema geral)
DO LADO DE CÁ – Chimarruts (tema geral)
SEU OLHAR – Greice Ive (tema de Catarina e Pedro)
PASSOS PELA RUA – Marcelo Mira (tema geral)
PROBLEMA SOCIAL – Seu Jorge e Leandro Sapucahy (tema do núcleo pobre)
PONTA DE LANÇA AFRICANO (UMBABARAUMA) – Jorge Ben Jor (tema de Maicon)

Tema de Abertura: LOURINHA BOMBRIL – Bangalafumenga

Para e repara
Olha como ela samba
Olha como ela brilha
Olha que maravilha

Essa crioula tem o olho azul
Essa lourinha tem cabelo bombril
Aquela índia tem sotaque do Sul
Essa mulata é da cor do Brasil
A cozinheira ta falando alemão
A princesinha ta falando no pé
A italiana cozinhando feijão
A americana se encantou com Pelé

Häagen-dazs de mangaba
Chateau, canela-preta
Cachaça made in Carmo
Dando a volta no planeta
Caboclo presidente
Trazendo a solução
Livro pra comida, prato pra educação

Por isso
Para e repara
Olha como ela samba
Olha como ela brilha
Olha que maravilha…

Veja também

  • malhacao2009

Malhação 2009

  • malhacaoid_logo

Malhação ID

  • malhacaoconectados_logo

Malhação Conectados

  • malhacao2012_logo

Malhação 2012