Sinopse

Três anos passados na prisão e só uma certeza: a da própria inocência. É assim que André (Cauã Reymond) sai da penitenciária para encarar novamente a vida. É urgente sua necessidade de encontrar a verdade. Afinal, não lhe resta mais nada. Até mesmo a família lhe virou as costas. Do tempo em que integrou a Divisão Antissequestros da Polícia Militar, André só carrega as lembranças e a sua grande experiência. A farda também lhe foi tirada.

Diante de toda a desgraça em que se encontra, André recorre ao seu parceiro da época da polícia, o delegado Lopes (Ailton Graça). É ele quem estende a mão para o ex-presidiário, mesmo não acreditando em sua inocência. Ele propõe um novo ofício a André, no qual ele poderá usar suas habilidades de investigador, e ainda conseguir uma grana para recomeçar a vida. E, assim, surge o caçador de recompensas.

André passa a transitar no submundo do crime. Ele passa a ter contato com pessoas perigosas, ligadas a máfias nacionais e internacionais. Entre um trabalho e outro como ‘caçador’, o ex-policial vai reunindo pistas para resolver sua questão pessoal. Contudo, essa tarefa fica ainda mais difícil quando a sua cunhada Kátia (Cléo Pires) decide fazer contato, comovida com a situação do parente. Os dois cresceram juntos e mantêm uma paixão recolhida. Quem fica maluco com essa aproximação é o irmão de André, Alexandre (Alejandro Claveux). Casado com Kátia, ele passa a usar do seu cargo de delegado para perseguir e prejudicar ainda mais o irmão, a quem culpa pela morte do pai.

Globo – 23h
de 11 de abril a 11 de julho de 2014
14 episódios

criação de Marçal Aquino, Fernando Bonassi e José Alvarenga
redação final de Marçal Aquino e Fernando Bonassi
direção de José Alvarenga e Heitor Dhalia
direção geral de José Alvarenga

CAUÃ REYMOND – André
CLÉO PIRES – Kátia
ALEJANDRO CLAVEAUX – Alexandre
NANDA COSTA – Marinalva
AÍLTON GRAÇA – Lopes
JACKSON ANTUNES – Saulo
CECÍLIA AUDI – Mercedes
Contou Cauã Reymond sobre a preparação para seu personagem:
“Eu fiz um curso, fui orientado pela CORE da polícia civil. Foi uma longa preparação, onde eu uni tudo o que aprendi para viver meu personagem no último filme que fiz. Eu já havia entrado em contato com arma no filme, mas não de uma forma metódica. O André, como ex-policial, é metódico, e meu treinamento foi para aprender a atirar, a portar arma, a lidar com várias situações com as quais um policial costuma lidar.”

Já Nanda Costa frequentou cultos em igrejas evangélicas, teve dois encontros com a coach Paloma Riani e ainda teve ajuda em casa.
“Tenho uma prima que é da igreja batista. Conversei bastante com ela, além de ter passado algumas madrugadas assistindo a cultos na TV”, explicou a atriz.

Tema de Abertura: O PATRÃO NOSSO DE CADA DIA – Secos e Molhados

Eu quero o amor
Da flor de cactus
Ela não quis

Eu dei-lhe a flor
De minha vida
Vivo agitado

Eu já não sei se sei
De tudo ou quase tudo
Eu só sei de mim
De nós
De todo o mundo

Eu vivo preso
A sua senha
Sou enganado

Eu solto o ar
No fim do dia
Perdi a vida

Eu já não sei se sei
De nada ou quase nada

Eu só sei de mim
Só sei de mim
Só sei de mim

Patrão nosso
De cada dia
Dia após dia…

Veja também

  • carinhadeanjo

Carinha de Anjo

  • rockstory

Rock Story

  • leidoamor

A Lei do Amor

  • solnascente

Sol Nascente