Sinopse

Por que tanta gente deseja o sucesso sem trabalho e a fama sem mérito? Enquanto uma multidão persegue a fama, ainda que superficial e momentânea, e idolatra os que já chegaram ao topo – ou seja, às capas de revista -, outras pessoas ainda preferem viver no conforto dos afetos. No dia a dia, porém, todos querem mesmo é ser reconhecidos pelo que são – ou tentam ser! Alguns querem ser amados pelas pessoas próximas, outras preferem a admiração e a inveja das multidões, mas a fome de amor é comum a todas as pessoas, independente de suas aspirações.

Que o digam o florista Bento (Marco Pigossi), a it-girl Amora (Sophie Charlotte), o bad boy Fabinho (Humberto Carrão), a doce Malu (Fernanda Vasconcellos), a corintiana Giane (Isabelle Drummond) e o playboy Maurício (Jayme Matarazzo). Seis jovens que não medem esforços para conseguir o que querem, inclusive, a tal da felicidade. Uma coisa é certa: a felicidade não se compra. Alguns vão demorar para entender isso, outros não vão entender nunca. Mas, felizmente também há aqueles que serão felizes mesmo nas circunstâncias mais adversas.

É na selva paulistana – da moda, das tendências, das capas de revistas – que começa a história deles. Giane (Isabelle Drummond) ama Bento (Marco Pigossi), que ama Amora (Sophie Charlotte), que gosta de Maurício (Jayme Matarazzo), que é o grande amor de Malu (Fernanda Vasconcellos). Fabinho (Humberto Carrão) não ama ninguém, a não ser ele mesmo, e faz de tudo para conquistar fama e poder. Entre muitos encontros e desencontros, as vidas desses seis jovens vão se cruzar.

O destino uniu Amora, Fabinho e Bento no lar de adoção de Gilson (Daniel Dantas) e Salma (Louise Cardoso). A partir daí, cada um deles foi responsável pela sua própria história. Amora foi adotada pela atriz Bárbara Ellen (Giulia Gam) e se tornou quase “sua imagem e semelhança”. Hoje é apresentadora de TV, e uma it-girl, uma socialite que lança tendências. Bento cresceu nas redondezas da Casa Verde e fundou uma cooperativa de flores, onde trabalha com Giane, eternamente apaixonada por ele, e toda a vizinhança do antigo lar. Já Fabinho, que foi adotado por uma família falida do interior do estado, cansa de viver na miséria e volta para a capital atrás dos pais biológicos e dos amigos de infância.

Bárbara, uma atriz canastrona e encrenqueira, mas com tremendo senso midiático, sempre quis ser famosa, e tudo o que fez foi com este objetivo – começando por mudar o nome de Conceição por outro mais glamuroso. Com o cineasta Plínio Campana (Herson Capri) ela teve uma filha biológica, Malu, mas descobriu na adoção de crianças carentes uma excelente forma de autopromoção. Foi assim que adotou Amora. Antagonista natural da irmã de criação, Malu é formada em pedagogia e faz pós-graduação em assistência social. Íntegra e assertiva, não tem nada a ver com aquele mundo de fama e excessos, no qual vivem Amora e Bárbara. E seu grande conflito é conviver com esses dois valores.

Em uma pesquisa, Malu acaba conhecendo Bento e descobrindo a origem de Amora, fazendo com que o destino dos jovens se cruzem novamente. Amora é noiva de Maurício e nem imagina que sua irmã de criação nutre por ele uma paixão platônica. Maurício é um playboy que se molda demais para estar ao lado de uma mulher elegante e desejada como Amora, não percebendo o amor singelo de Malu. Para ajudar Bento a reconquistar a irmã, e assim ter o caminho livre com Maurício, Malu arma de transformá-lo em uma celebridade do dia para a noite, e assim chamar a atenção de Amora. Só que o plano não sai exatamente como planejado, mudando a vida de todos. Principalmente a da própria Malu, que se apaixona por Bento e passa a disputá-lo com sua irmã de criação Amora.

Globo – 19h
de 29 de abril a 2 de novembro de 2013
160 capítulos

novela de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari
escrita com Álvaro Ramos, Letícia Mey, Juliano Righetto, Marta Nehring, Rodrigo Amaral e Tati Bernardi
direção de Dennis Carvalho, Carlos Araújo, Maria de Médicis, Luísa Lima, Cristiano Marques e Henrique Sauer
direção geral de Carlos Araújo, Maria de Médicis e Dennis Carvalho
núcleo Dennis Carvalho

Novela anterior no horário
Guerra dos Sexos

Novela posterior
Além do Horizonte

MARCO PIGOSSI – Bento de Jesus
SOPHIE CHARLOTTE – Amora Campana (Mayara)
FERNANDA VASCONCELLOS – Malu (Maria Luísa Campana)
HUMBERTO CARRÃO – Fabinho (Fábio Queiroz)
ISABELLE DRUMMOND – Giane de Souza
JAYME MATARAZZO – Maurício Vasquez
GIULIA GAM – Bárbara Ellen (Conceição)
MALU MADER – Rosemere Moreira
FELIPE CAMARGO – Perácio Pais
LETÍCIA SABATELLA – Verônica / Palmira Valente
ARMANDO BABAIOFF – Érico
BRUNO GARCIA – Natan Vasquez
HERSON CAPRI – Plínio Campana
DEBORAH EVELYN – Irene Fiori (Rita de Cássia)
MARISA ORTH – Damáris Carmim / Gládis do Cabuçu
MARCO RICCA – Wilson Rabelo
MAYANA NEIVA – Charlene de Souza
REGIANE ALVES – Renata Moretti
YONÁ MAGALHÃES – Glória Pais
INGRID GUIMARÃES – Tina (Albertina Leão)
JOAQUIM LOPEZ – Lucindo Lago
JOSAFÁ FILHO – Filipinho (o Famosinho da Casa Verde)
MARIA HELENA CHIRA – Lara Keller
LETÍCIA ISNARD – Brenda
RODRIGO LOPEZ – Vitinho Barata
FAFY SIQUEIRA – Madá
EDWIN LUISI – Tio Lili (Ulisses Lago)
DANIEL DANTAS – Gilson Rabelo
LOUISE CARDOSO – Salma
TATIANA ALVIM – Socorro
RÔMULO ARANTES NETO – Tito
MAURÍCIO DESTRI – Vinny
THIAGO AMARAL – Caio
THAILA AYALA – Camila Lancaster
CARMEM VERÔNICA – Karmita Lancaster
TUNA DWEK – Sueli Pedrosa
ELLEN ROCHE – Mulher Mangaba (Brunettý)
MILA MOREIRA – Sílvia Laport
CRIS NICOLOTTI – Odila
WANDI DORATIOTO – Nestor Moretti
NORIVAL RIZZO – Silvério de Souza
DORIVAL CARPER – Eliseu Toledo
TARCÍSIO FILHO – Nelson Ramos
FELIPE LIMA – Xande
SAMYA PASCOTTO – Tábata
CARLA SALLE – Mel
CAROLINIE FIGUEIREDO – Júlia
RAFAEL PAOLLI – Edu
BIA ARANTES – Cléo
SÉRGIO MALHEIROS – Jonas
PEDRO INOUE – Douglas
JÚLIO OLIVEIRA – Peixinho
NOEMI MARINHO – Margot Queiroz
IZABELLA BICALHO – Nice
LUIZ ANDRÉ ALVIM – Mulher Pau-de-Jacú (Serjão)
MÔNICA TORRES – Áurea
MARIAH DA PENHA – Emília
ALINE DIAS – Luz
MARCUS RIGONATTI – Kevin
AYUMI IRIE – Dorothy
MIGUEL ARRAES – Pedrinho
THAÍS GARAYP – Santa
SYLBETH SORIANO – Sandrona
ANDRÉ GUERREIRO LOPES – Barrabás
RÚBENS CAMELO – Bolívar
YAÇANÃ MARTINS – Celinha
ELIANA PITTMAN – Chica
PRISCILA CAMARGO – Nancí
NANDA LISBOA – Sheila
THAÍS LAGO – Mari
KERUSE BONGIOLO – Mônica
e
ALEJANDRO CLAVEAUX – Manolo (pai do filho de Lara Keller)
ANA CLÁUDIA FANCHINI – Vanessa (recepcionista no salão de beleza de Tio Lili)
ANA PAULA PEDRO – Caetana (amiga carola de Damáris)
ANDREA HORTA – Simone (irmã de Amora)
ANTÔNIO FIRMINO – Evandro (motorista de Bárbara Ellen)
BERNARDO SIMÕES – Fabinho (criança)
BRUNA HAMU – Carol (secretária na agência de Natan)
BRUNO MELLO – Tavares (marido de Pulquéria)
CAMILO BEVILACQUA – locatário que entra com ação de despejo contra Rosemere
CARLO ALEXANDRE SADDY – André (filho de Simone)
CÉSAR MELLO – Arthur Bicalho (Bento e Malu foram modelos na campanha dele)
CLÁUDIO CAPARICA – marido de Caetana
CLÁUDIO CINTI – Zezão (médico picareta em uma armação para Brenda e outra para Amora)
CHRISTIANO TORREÃO – Eustáquo (marido de Gertrudes)
DANI VIEIRA – Mulher Pupunha
EDVARD VASCONCELLOS – delegado
FERNANDA ABRAÃO – Mulher Jambolão
GUILHERME GONZALEZ – Zito (camera-man que trabalha com Lara Keller)
HELENA FERNANDES – Lana Ferreira (defende os interesses de Bluma Lancaster)
HENRY FIUKA
JACKSON ANTUNES – Pascoal Gambini (empresário, cliente de Natan)
LETÍCIA CANNAVALE – Lívia (falecida mulher de Wilson, filha de Glória, mãe de Bento)
LUAN PICKLER – Bento (criança)
LU CARRY – Vívian (namorada de Suely Pedrosa)
LUCAS NADIN – Afonso (primo de Camila)
LUÍSA THIRÉ – Isaura (assistente social que cuida do caso de Pedrinho)
MARCELLA RAMALHO – Amora (criança) / Mayara (filha de Simone)
MARLOS CRUZ – Carlito (jovem noivo de Karmita)
PABLO MORAIS – Jonathan James (marido de Bárbara Ellen, morre no início)
ROBERTO BIRINDELLI – Willy Bob (primo de Natan)
ROSANA VIEGAS – Pulquéria (amiga carola de Damáris)
SÁVIO MOLL – Tavares (marido de Pulquéria)
TATO GABUS – Franklin Cardoso (pai de Caio, morre durante seu casamento com Lara Keller)
TERTULINA ALVES – Gertrudes (amiga carola de Damáris)
TIAGO MARTELLI – Sininho (cabeleireiro no salão de Tio Lili)
VÂNIA LOVE – Mulher Saputá
XUXA LOPES – Bluma Lancaster (socialite, mãe de Camila, filha de Karmita)
Beta (Roberta Coqueiro, babá do filho de Lara)
– núcleo de BENTO (Marco Pigossi), rapaz bom caráter, trabalhador, sua meta é ter uma vida digna e ser feliz sem abrir mão de sua essência. Foi criado em um lar de adoção na Casa Verde, onde aprendeu o significado de família e teve valores éticos ensinados. Tem uma pequena empresa de paisagismo, a Acácia Amarela, onde vende plantas e flores. Acaba reencontrando um amor de infância, que mexe com seu coração:
o casal GILSON (Daniel Dantas) e SALMA (Louise Cardoso), bondosos e acolhedores, queridos por todos no bairro da Casa Verde. Como Salma não conseguia engravidar, assumiram a promessa de acolher menores abandonados em sua casa. Salma engravidou, mas mantiveram sua promessa e cuidaram de várias crianças que passaram pelo Lar durante muitos anos. Criaram Bento, que chegou lá recém-nascido e os considera seus pais
ÉRICO (Armando Babaioff), filho de Salma e Gilson, tem caráter irretocável. Prudente e responsável, é gerente de planejamento de uma agência publicitária. Conservador e romântico, seu projeto de vida é casar com a noiva e ser pai. Mas os rumos de sua vida tornam-se outros
JONAS (Sérgio Malheiros), criado por Salma e Gilson, está terminando o colégio. Além de ser ótimo grafiteiro, sabe tudo de computador e se torna estagiário da agência de Érico
SOCORRO (Tatiana Alvim), também criada no lar de adoção, é a fã número um e presidente do fã clube oficial de uma it-girl, exemplo e referência para sua vida
a amiga, vizinha e sócia na Acácia Amarela GIANE (Isabelle Drummond), apaixonada por ele desde a infância, sofre por nunca ter se declarado. Torcedora fanática do Corinthians, muda de ramo ao estrear na carreira de modelo. Deixa o estilo “moleca sem vaidade” e passa a andar bem arrumada. Até que se apaixona novamente por quem não esperava
o pai de Giane, SILVÉRIO (Norival Rizzo), que recebeu Bento recém-nascido e, até hoje, é muito afeiçoado a ele. Tendo enviuvado cedo, criou Giane com a ajuda de Gilson e Salma.

– núcleo de AMORA (Sophie Charlotte), linda e sexy, é uma das mais conhecidas it-girls do país e fonte de inspiração para muitas garotas – Socorro é sua maior fã. De origem pobre, morou na rua junto com a irmã até ser deixada em casa de Salma e Gilson, onde acabou sendo adotada por uma então famosa atriz. Nesse período foi a melhor amiga de Bento, além de seu grande amor. Ao reencontrá-lo, sua vida acaba tendo muitas reviravoltas:
a mãe adotiva BÁRBARA ELLEN (Giulia Gam), atriz decadente e canastrona que se acha uma grande diva. Nascida e criada na Casa Verde, Bárbara deu o golpe do baú em um cineasta, com quem teve sua única filha biológica. Dona de um enorme senso midiático, ela adotou outras crianças para se manter na mídia. Ambiciosa e calculista, criou Amora à sua imagem e semelhança. Mas começa a ver a fama se esvair
os irmãos: MALU (Fernanda Vasconcellos), única filha biológica de Bárbara Ellen, é íntegra e carinhosa, destoando do mundo das celebridades no qual vivem sua mãe e Amora. Cuida da ONG Toca do Saci, uma casa de recreação infantil. É bonita, porém simples e despojada, sendo assim o oposto de Amora. Apaixonada pelo noivo de sua irmã, mas acaba também encantando-se por Bento,
LUZ (Aline Dias), linda caboclinha vinda, segundo Bárbara Ellen, diretamente do Acre. De natureza dócil, é aliada de Malu. Participa como atriz do seriado Saga Sangue Bom,
KEVIN (Marcus Rigonatti), desconfortável com as histórias que Bárbara Ellen inventa a seu respeito – como sua origem supostamente africana -, consegue se libertar da sua influência,
e DOROTHY (Ayumi Irie), a caçula da família que, segundo a mãe, fora adotada no sul da Tailândia, após a tsunami que arrasou o país. Esperta e muito inteligente
MADÁ (Fafy Siqueira), a irreverente, desbocada e jovial mãe de Bárbara Ellen, que insiste em chamá-la pelo seu nome verdadeiro, CONCEIÇÃO, do qual Bárbara se envergonha. Bárbara sempre deu um jeito de interná-la em asilos distantes de onde ela sempre acabou escapando. Adorada pelos netos, passa a morar com eles depois que a filha sai de casa
a governanta EMÍLIA (Mariah da Penha), criou todos os filhos de Bárbara, a começar por Malu, que gosta dela como se fosse sua mãe
o mordomo BOLÍVAR (Rubens Camelo), aceitou a opressão de Bárbara porque vivia no país de forma ilegal. Calado o tempo todo, passou a falar quando revelou-se que ele era o verdadeiro pai de Dorothy
o motorista EVANDRO (Antônio Firmino)
BARRABÁS (André Guerreiro Lopes), um dos ex-maridos de Bárbara Ellen, ganhou muito dinheiro exportando minhocas para o exterior
a irmã biológica SIMONE (Andréia Horta), que a abandonou quando ela tinha nove anos. Arrepende-se por ter feito isso, mas na época não via outra possibilidade de sobreviver. Há anos tenta retomar o contato com Amora, até que consegue localizá-la. É mãe de dois filhos pequenos, ANDRÉ (Carlo Alexandre Saddy) e MAYARA (Marcella Ramalho). Enfrenta sérios problemas de saúde, mas acaba morrendo na reta final da novela, ficando para Amora a responsabilidade de acabar de criar seus sobrinhos.

– núcleo de FABINHO (Humberto Carrão), também cresceu no Lar de Gilson e Salma, mas acabou adotado por um casal rico do interior. Interesseiro e dissimulado, após a falência financeira de sua família adotiva, vem embora para São Paulo em busca de seus pais biológicos, que ele descobriu serem ricos. Quando o falso exame de DNA dá negativo – por conta de uma armação de Amora -, passa por sua redenção. Acaba apaixonando-se por Giane:
a mãe adotiva MARGOT (Noemi Marinho), sempre teve pelo filho um amor inabalável. Foi rica no passado e atualmente faz tortas e doces para fora. Para pagar o advogado que defendeu Fabinho, vendeu a casa no interior e mudou-se para a Casa Verde.

– núcleo de MAURÍCIO (Jayme Matarazzo), noivo de Amora. Bem educado e gentil, é um adorável playboy. Apaixonado e fiel, namora Amora desde os tempos de colégio. Acaba descobrindo o amor de Malu e fica balançado. Mas sua vida vai mudar drasticamente com a separação de seus pais e o reencontro de Bento e Amora:
o pai NATAN VÁSQUEZ (Bruno Garcia), premiado publicitário, dono da agência Class Mídia, perde tudo por ser vaidoso, narcisista e inseguro. Sedutor e mulherengo, era extremamente infiel enquanto fingia ser o marido perfeito. Divorcia-se para ficar com Bárbara Ellen e logo se arrepende amargamente. A partir de então, passa a tentar reconquistar a ex-mulher
a mãe VERÔNICA (Letícia Sabatella), sensível e generosa, sempre ajudou o marido em suas campanhas. Dona da empresa de casamentos Para Sempre, é feliz no casamento até descobrir a infidelidade de Natan. Retoma então seu antigo sonho de cantar, com uma outra identidade: PALMIRA VALENTE. Apaixona-se por Érico, mas vive um conflito por não revelar sua verdadeira identidade
a governanta e confidente de Verônica, SANTA (Thaís Garayp), também amiga de Margot.

– núcleo de PLÍNIO CAMPANA (Herson Capri), importante cineasta brasileiro, ex-marido de Bárbara Ellen, com quem teve Malu, sua única filha. Equilibrado, culto e reservado, é muito firme em seus valores. Ótimo pai, sempre protegeu Malu, até mesmo das loucuras de Bárbara. Desconhece ser o pai de Fabinho, fruto de um antigo amor:
a antiga paixão IRENE FIORI (Deborah Evelyn), frágil e delicada, desapareceu no mundo após uma armação de Bárbara Ellen. Sofreu uma forte depressão e por isso abandonou o filho Fabinho no lar de Salma e Gilson. Viveu anos como artista de rua, sob o pseudônimo de RITA DE CÁSSIA. Com o reencontro com Plínio, seu grande amor, descobre o paradeiro do filho e recupera a alegria e a esperança
a secretária e confidente CELINHA (Yaçanã Martins).

– núcleo de ROSEMERE (Malu Mader), mulher franca e direta, trabalha como garçonete no Cantaí, um bar-dançante e karaokê, onde Palmira Valente vai se apresentar. Quando jovem, decidiu fazer programa para poder pagar a faculdade. Mas se apaixonou pelo seu primeiro cliente e dele engravidou, tendo criado o filho sozinha. Através do filho, se reaproxima de seu grande amor e percebe que ainda é apaixonada por ele:
o filho FILIPINHO (Josafá Filho), franzino, desafinado e desastrado, sonha em ser ator e cantor de musicais, incentivado pela mãe controladora. Conquista a fama com o vídeo “Famosinho da Casa Verde”. Depois de revelar ser gay, é massacrado pela imprensa e, desiludido, vai passar uma temporada em Nova York, retornando no final
a irmã ODILA (Cris Nicolotti), enfermeira aposentada. Separada do ex-marido há anos, os dois vivem a situação tragicômica de morar na mesma casa, dividida
o cunhado, NESTOR (Wandi Doratiotto), ex-marido de Odila, aposentado simpático, vive às turras com ela
a sobrinha RENATA (Regiane Alves), filha de Odila e Nestor. Noiva de Érico, às vésperas do seu casamento entrou em crise e o traiu, sendo descoberta. Arrependida, sofreu muito com a separação e tenta reconquistá-lo
NELSON RAMOS (Tarcísio Filho), milionário dono da marca de iogurtes You. Inteligente, charmoso, gentil e galanteador, tenta conquistar Rosemere e, posteriormente, Verônica.

– núcleo de WILSON RABELO (Marco Ricca), irmão de Gilson, dono do Kim Park, um parque de diversões. Após ter sido separado, no passado, de seu grande amor, que acabou morrendo, casou-se com uma mulher que nunca amou, sendo mais infeliz. Divorciado, não se livra da ex-mulher, que o persegue. Nunca gostou de Bento e sempre foram rivais. No entanto, ambos desconhecem que são pai e filho:
a ex-mulher DAMÁRIS (Marisa Orth), inadequada e escandalosa, é a melhor amiga de Bárbara Ellen. Tem obsessão em reconquistar Wilson, tentando de diversas formas hilárias, mas acaba sempre fracassando. Beata fervorosa, comanda amigas que a seguem em seus preceitos. Acaba envolvendo-se com o motorista e assumindo o alter ego de GLÁDIS, o seu oposto, uma periguete
os filhos: TITO (Rômulo Neto), envolvente e mau-caráter, é um predador que seduziu Renata e acabou com o noivado dela,
MEL (Carla Salle), fútil como Damáris, sempre sonhou em ser rica e famosa,
e VINNY (Maurício Destri), dono de uma alma delicada, é tímido e gentil. Apaixona-se por Renata, mas é dispensado por ela por ser muito jovem
a secretária no parque NANCY (Priscila Camargo)
as empregadas de Damáris: NICE (Izabella Bicalho), debochada e engraçada, e SHEILA (Nanda Lisboa), vive uma louca paixão com Tito, que a maltrata
as amigas beatas de Damáris, suas seguidoras: CAETANA (Ana Paula Pedro), PULQUÉRIA (Rosana Viegas) e GERTRUDES (Tertuliana Alves).

– núcleo de GLÓRIA PAIS (Yoná Magalhães), mulher de origem aristocrática, matriarca da falida família Pais. Controladora e orgulhosa, apesar da situação decadente. Foi ela quem separou sua filha LÍVIA (Letícia Cannavale) do então motorista Wilson, e – transtornada com a morte dela – abandonou o neto recém-nascido na rodoviária: Bento. Até hoje sente-se arrependida por esse segredo, sobretudo quando conhece e se afeiçoa por Bento:
o filho PERÁCIO (Felipe Camargo), assistiu à decadência da sua família. Seu sonho era ser um artista plástico reconhecido mas, estimulado pela esposa, apenas copia os quadros para vendê-los. Sua vida começa a mudar quando se aproxima do filho cuja existência desconhecia, Filipinho, e quando reencontra Rosemere, por quem ainda é perdidamente apaixonado
a nora BRENDA (Letícia Isnard), falsa e mau-caráter, mulher de Perácio, a quem passou a dominar e influenciar a falsificação dos quadros para lucro. Torna-se rival de Rosemere
os filhos de Brenda e Perácio: XANDE (Felipe Lima), simpático e atraente, trabalha como “amigo de aluguel”,
e TABATHA (Samya Pascotto), assessora de imprensa e empresária de Barbara Ellen, Amora e Filipinho, não tem escrúpulos, como Brenda
o amigo e confidente ELISEU (Dorival Carper), seu antigo estilista. Falido, foi morar na mansão Pais, sendo o único amigo que restou a Glória
a empregada CHICA (Eliana Pittman), irmã de Emília.

– núcleo de TINA (Ingrid Guimarães), secretária na Class Mídia, enlouquece quando é abandonada no altar pelo noivo. Para se vingar de Bárbara Ellen – que também abandonou o cara no altar no passado e provocou nele um forte trauma -, vai trabalhar na casa da atriz como empregada disposta a se vingar:
o ex-noivo VITINHO BARATA (Rodrigo Lopez), diretor do Luxury, programa apresentado por Amora. No passado, foi abandonado no altar por Bárbara, o que o deixou traumatizado e o fez abandonar inúmeras noivas no altar, incluindo Tina, com quem acaba retomando um relacionamento de tapas e beijos
ÁUREA (Mônica Torres), misteriosa paciente da clínica de repouso em que Tina é internada após surtar com o abandono de Vitinho. Mística e vidente, torna-se a grande parceira de Barrabás
SANDRONA (Sylbeth Soriano), funcionária gordinha do Kim Park. Acaba se tornando atriz dos seriados dirigidos por Vitinho, a Sanga Sangue Bom e A Família Calabresa.

– núcleo de LUCINDO (Joaquim Lopes), bronco, atrapalhado, é o típico galã de subúrbio. Boa praça e bom coração, sempre foi muito ligado ao tio. Depois de ter tido inúmeras namoradas, torna-se motorista de Damáris, com quem tem um caso, embarcando numa relação de muitas confusões. Envolve-se também com Tina:
o TIO LILI (Edwin Luisi), criou Lucindo desde pequeno. Trabalha na Para Sempre como cabeleireiro. Gay alegre e despachado, é muito querido na vizinhança. Acaba sempre tendo que retirar Lucindo das confusões que suas mulheres aprontam, sobretudo Damáris e Tina
a ex-namorada CHARLENE (Mayanna Neiva), veio de João Pessoa para São Paulo com o irmão. Independente e confiante, trabalha como maquiadora na Para Sempre. Grande amiga de Bento, acaba casando-se com Wilson, por quem se apaixona, e com ele adota o menino PEDRINHO (Miguel Arraes)
o irmão de Charlene, DOUGLAS (Pedro Inoue), sujeito engraçado, trabalha no Cantaí como garçon.

– núcleo de KARMITA LANCASTER (Carmem Verônica), possui uma alegria e irreverência de viver que contagia a todos que estão a sua volta. Já se casou mais de 10 vezes, sendo essa mais uma marca registrada de sua personalidade:
a filha BLUMA (Xuxa Lopes), empresária que promove diversos empreendimentos. Não se dá bem com Karmita, a quem considera incapaz de gerir negócios
a neta CAMILINHA (Thaila Ayala), atriz e modelo, bate de frente com Bluma e é mais amiga da avó
LANA FERREIRA (Helena Fernandes), amiga de Bluma, a quem representa nos negócios ao lançar a carreira de Perácio como pintor.

– núcleo de BRUNETTÝ (Ellen Rocche), a MULHER MANGABA, popular cantora de funk. Linda, boazuda, sedutora, mas ingênua, foi enganada por vários homens:
as colegas dançarinas: MULHER PUPUNHA (Dani Vieira), MULHER JAMBOLÃO (Fernanda Abraão), MULHER SAPUTÁ (Vânia Love)
e o travesti MULHER PAU DE JACU (Luiz André Alvim), na verdade SERJÃO, que foi marido de Bárbara Ellen em sua “fase homem”, acaba indo trabalhar na casa dela, como governanta.

– núcleo da mídia:
LARA KELLER (Maria Helena Chira), ex-apresentadora do Luxury, Lara é interesseira e vive em função da imagem. Grande rival de Amora, faz de tudo para prejudicar a imagem da it-girl
SUELI PEDROSA (Tuna Dwek), famosa jornalista de fofocas de celebridades que pode ajudá-las ou destruí-las. É virulenta, venenosa e anti-ética, interferindo decisivamente na vida dos famosos
PEIXINHO (Júlio Oliveira), assistente de direção do Luxury, apaixona-se por Filipinho
MÔNICA (Keruse Bongiolo), jornalista da revista Vida em Família, cujo foco é o mundo dos ricos e famosos
ZITO (Guilherme Gonzalez), câmera-man e fotógrafo paparazzo que trabalha com Sueli Pedrosa
CAIO (Tiago Amaral), trabalhava no Luxury, mas abre sua própria agência em sociedade com Camilinha. Apaixona-se por Giane e faz dela uma modelo
CARDOSO (Tato Gabus Mendes, em participação especial), pai de Caio, com quem tem uma péssima relação. Homem rico, rude, ambicioso e arrogante, é dono da joalheria Quatre Mondes. Interessado em Lara, ela casa-se com ele por interesse, mas ele morre em plena cerimônia de casamento.

– núcleo da agência Class Midia:
SÍLVIA LAPORT (Mila Moreira), elegante e solidária, é o cérebro funcional da Class Mídia. Não aceita a demissão de Érico e vai trabalhar na nova agência dele
EDU (Rafael Paoli), jovem publicitário da agência. Para conseguir informações sigilosas sobre a campanha da agência de Érico, seduz uma funcionária
JÚLIA (Carolinie Figueiredo), fofoqueira, porém carente, é facilmente seduzida por Edu quando este queria descobrir a campanha concorrente. Engravida e é abandonada por ele
CLÉO (Bia Arantes), publicitária, acaba tornando-se namorada de Vinny
CAROL (Bruna Hamu), secretária na agência.

Através de um texto irônico e divertido, Sangue Bom abordou de forma inteligente a busca pela fama e a necessidade de manter-se em evidência a qualquer custo, sem mérito e com o mínimo esforço, como crítica ao mundo das (sub) celebridades.

Sobre a trama, comentou a autora Maria Adelaide Amaral:
“Basicamente é sobre o ter e o ser, sobre essa valorização excessiva da aparência, da notoriedade, da fama, da celebridade, e do esforço absurdo e patético ou cômico ou as duas coisas juntas que as pessoas fazem para se constituir famosas. Eu não tenho nada contra fama, contra a notoriedade, mas acho que tem que ser o corolário de um trabalho bem sucedido, reconhecido. O que me deixa desconfortável é a fama sem mérito e o sucesso sem trabalho. A essência da novela é essa inversão de valores.”

A novela apostou em seis jovens promissores atores como protagonistas, o que revelou-se uma escolha acertada: Bento (Marco Pigossi), Amora (Sophie Charlotte), Malu (Fernanda Vasconcellos), Fabinho (Humberto Carrão), Giane (Isabelle Drummond) e Maurício (Jayme Matarazzo). O texto bem amarrado, a direção firme e o entrosamento desse elenco fez com que tudo fluísse conforme o planejado.
Sophie Charlotte e Humberto Carrão – os vilões Amora e Fabinho – foram dois dos maiores destaques da novela.

Um time de coadjuvantes de peso garantiu o suporte para os jovens atores: Giulia Gam, como a histriônica atriz fracassada Bábara Ellen; Malu Mader, forçando um sotaque fake com sua Rosemere; Ingrid Guimarães, como a maluca Tina (que em um momento incorporou de forma divertida a Nina, personagem de Débora Falabella em Avenida Brasil); Marisa Orth com suas Damáris e Gladis (espécie de releitura da Nicinha de Rainha da Sucata); e Letícia Sabatella responsável por partes dramáticas da novela, com Verônica e sua outra face, Palmira Valente.

Além dos já citados, vale ressaltar ainda a jovem Tatiana Alvim, a Socorro, representante dos talifãs de celebridades, Ellen Roche, com sua radiante Mulher Mangaba, e Tuna Dwek, como Sueli Pedrosa, a viperina repórter de fofoca.

A novela tinha um elenco numeroso, com muitos jovens atores, vários deles desconhecidos do público. Apesar do elenco inchado, nenhum ator coadjuvante ficou sem algum destaque em algum momento. Ponto para os autores da novela, que souberam administrar um elenco grande dando falas para todo mundo.

Três características de Ti-ti-ti – a trama anterior da dupla Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari – foram repetidas em Sangue Bom: a trilha sonora bacana, a citação a outras novelas e personagens de nossa Teledramaturgia, e a homossexualidade tratada de uma forma para lá de natural, com direito a final feliz para casais gays. Sem levantar bandeira, a diversidade imperou em Sangue Bom – inclusive através da figura do travesti Mulher Pau-de-Jacu (Luiz André Alvim).

Longe da audiência alcançada por Cheias de Charme (2012), o último grande sucesso do horário (média final de 30 pontos no Ibope da Grande São Paulo), Sangue Bom teve um resultado até modesto no Ibope: 25 pontos – enquanto Aquele Beijo (2011-2012) alcançou o mesmo número, e Guerra dos Sexos (2012-2013) fechou com 23.

A equipe de Sangue Bom passou 40 dias em São Paulo, Holambra e Campinas para captar as primeiras imagens. Para isso, viajaram para a capital paulista 150 pessoas, quatro caminhões, 80% do figurino da novela, além de grande parte do material de produção de arte e caracterização.

Além dos bairros da zona norte, como Casa Verde e o Jardim São Bento, a equipe também gravou no parque do Povo, Ibirapuera, Shopping JK, além de alguns museus e espaços culturais, como o Museu Afro-Brasil e o Museu da Língua Portuguesa. Em Campinas, grande parte do elenco esteve reunido em cenas no fictício Kim Park. Para esta gravação, a equipe de produção de arte precisou deslocar um caminhão só com o material gráfico que transformou o local no parque de diversões da novela.

Maria Adelaide Amaral comentou sobre a escolha do bairro paulistano da Casa Verde para ambientar Sangue Bom:
“A particularidade da Casa Verde é que, além de ser um dos últimos bairros com intensa vida comunitária, é uma área com vida boêmia e musical intensa, temas que serão abordados na novela”.
“Lá ainda existe essa consciência do outro muito forte”
, complementou seu parceiro Vincent Villari.

Em Holambra, no interior de São Paulo, parte do elenco gravou algumas cenas e fez laboratório para alguns personagens. Esta gravação foi realizada com Marco Pigossi, o florista Bento, e Isabelle Drummond, sua sócia Giane.

A cidade cenográfica construída no Projac tinha 7,5 mil m2. Foram utilizados cerca de 600 vasos de flores por semana para as gravações das cenas. Muitas delas ficaram no cenário de Bento (Marco Pigossi), que ocupava 400 m2 do local.

Urbano e moderno, o figurino tinha um ar jovial.
“Temos os ‘mauricinhos’, os grafiteiros, os profissionais de publicidade, da mídia, da imprensa, de cinema, etc. E todos conceituados no cenário da cidade de São Paulo, referência de moda no país”, explicou Helena Gastal, figurinista da novela.

O glamour e as particularidades de São Paulo também eram percebidos na caracterização dos personagens.
“São Paulo é considerada a capital da moda do país. Tivemos que levar isso em consideração na hora de pensar o visual de cada um dos personagens da trama”, explicou Nubia Maisa, responsável pela caracterização da novela.
O realismo era outra característica marcante em toda produção.
“Fugimos do visual construído, com exceção de alguns papéis como o da Giulia Gam e o da Marisa Orth. Como elas interpretam personagens mais teatrais, nos permitimos carregar um pouco mais na caracterização”, completou Fernando Torquatto, supervisor de caracterização.
Amora (Sophie Charlotte), a it girl da novela, era um exemplo da elegância e do charme abordado na trama.
“A personagem da Sophie usa o que será ou pode ser tendência”, descreveu Torquatto. Amora tinha estilo próprio, estava sempre elegante e bem vestida, pois era preocupada com a aparência.

Sangue Bom esteve em concomitância com a atualidade. Ao abordar o universo das celebridades instântaneas, a novela citou programas de televisão (de entrevistas, séries, reality-shows), flashmobs, vídeos no Youtube, etc.
O nome do reality-show A Que Ponto Chegamos era o mesmo do livro de contos de Vincent Villari, lançado em 2013.

O vídeo do primeiro beijo entre Fabinho (Humberto Carrão) e Giane (Isabelle Drummond) fez o maior sucesso no site da novela no portal da Globo. Postado no sábado de 28/09/2013, o beijaço entre os personagens teve até segunda-feira (dia 30/09) 235 compartilhamentos no Twitter, 22 no Google+ e 767 no Facebook.
O vídeo mais visto de Amor À Vida (a novela contemporânea das nove), por exemplo, com a morte de Nicole (Marina Ruy Barbosa), de 08/08/2013, teve 27 compartilhamentos no Twitter, 19 no Google+ e 716 no Facebook.

Carlos Araújo era o diretor geral da novela, porém acabou sendo afastado das gravações em maio de 2013, depois de ser acusado de agredir uma assistente de direção. A suposta vítima chegou abrir um boletim de ocorrência. As cenas da novela foram assumidas por Dennis Carvalho, que já era o diretor de núcleo.

Por problemas internos nos bastidores, o jovem ator Josafá Filho – que vivia Filipínho, o “Famosinho da Casa Verde” – também ficou afastado da novela por um tempo, retornando no final.

Já Xuxa Lopes (Bluma Lancaster) afastou-se por problemas de saúde. A princípio, entrou em cena uma outra personagem, Karmita (Carmem Verônia), mãe de Bluma, que ficou até o fim da novela. Na reta final, Helena Fernandes fez uma participação, como Lana Ferreira, fazendo as vezes da personagem de Xuxa Lopes.

Trilha Sonora Nacional 1

sanguebomt1
01. TODA FORMA DE AMOR – Sambo (tema de abertura)
02. SIMPLES DESEJO – Thiaguinho (tema de Bento)
03. CALMA AÍ – Monique Kessous (tema de Renata e Érico)
04. VAGALUMES – Pollo (participação espescial de Ivo Mozart) (tema de Giane)
05. EXAGERANDO – Naldo (tema de Damaris e tema de Vitinho e Tina)
06. DE JANEIRO A JANEIRO – Roberta Campos e Nando Reis (tema de Bento e Amora)
07. CAMARO AMARELO – Munhoz & Mariano (tema de Lucindo)
08. ATÉ PENSEI – Thaís Gulin (tema de Bento e Giane)
09. LOVE SONG – Michel Teló (tema de Vinny)
10. EU AINDA ACREDITO – Leandro Lehart (tema de Charlene)
11. ZOIÃO – Emicida (tema de Fabinho)
12. POEMA – Ney Matogrosso (tema de Rosemare e Perácio)
13. DIAS MELHORES VIRÃO – Rita Lee (tema de Bárbara Ellen)
14. SOLTEIRINHA DA POMPÉIA – Ellen Rocche (tema da Mulher Mangaba)

Trilha Sonora Nacional 2

sanguebomt2
01. FLORES – Sambô (tema geral)
02. QUEM É VOCÊ – Filipe Catto (tema de Wilson e Charlene)
03. 130 ANOS – Agridoce (tema de Irene)
04. ALFAZEMA – Cídia (tema de Lívia)
05. A GRUTA DA SOLIDÃO – Zélia Duncan (tema de Tito)
06. FOGO – Capital Inicial (tema de Lara)
07. JACARANDÁ – Michele Leal (tema de Malu)
08. LEI DO DESAPEGO – Thiago Brava (tema de Nestor e Odila)
09. AGAMANOU – Leandro Lehart e Emicida (tema geral)
10. CURTO CIRCUITO – Mumuzinho (tema geral)
11. NO COMPASSO DO SAMBA – Dose Certa (tema geral)
12. MORDIDA DE AMOR (LOVE BITES) – Yahoo (tema de Felipinho)
13. DE VOLTA AO COMEÇO – Nana Caymmi (tema de Érico e Verônica)
14. HOJE EU TÔ DESCONTRAÍDA – Ellen Roche (tema da Mulher Mangaba)
15. QUASE UM FADO – Antonio Zambujo (tema de Glória)

Trilha Sonora Internacional

sanguebomt3
01. HO HEY – The Lumineers (tema de Amora e Bento)
02. HOME – Phillip Phillips (tema de Giane e Fabinho)
03. SOME NIGHTS – Fun. (tema geral)
04. GUARDIAN – Alanis Morissette (tema de Natan)
05. FEEL SO CLOSE – Calvin Harris (tema de Amora)
06. ALL AROUND THE WORLD – Justin Bieber featuring Ludacris
07. DON´T YOU WORRY CHILD – Swedish House Mafia featuring John Martin
08. NEXT TO ME – Emeli Sandé (tema geral)
09. THAT´S WHY GOD MADE THE RADIO – The Beach Boys (tema de Tina e Vitinho)
10. MADNESS – Muse (tema de Malu e Maurício)
11. MOVE IN THE RIGHT DIRECTION – The Gossip (tema de locação)
12. BECAUSE YOU LOVED ME – Jesuton (tema de Charlene e Wilson)
13. THEME FROM NEW YORK NEW YORK – Ronaldo Canto e Mello (tema de locação)
14. MERCEDES BENZ – Edson Cordeiro (tema de Rosemere e Perácio)

ainda:
TITANIUM – David Guetta featuring Sia
KISS YOU – One Direction
GEE – Girls’ Generation
I HATE MYSELF FOR LOVING YOU – Joan Jett & The Blackhearts
THE BITCH IS BACK – Elton John

Trilha Sonora Instrumental: música original de Victor Pozas

sanguebomt4
01. DOCE INFÂNCIA 1
02. QUERER AMAR
03. FRAGILIDADE DE AMORA
04. DISSIMULADO
05. ARREBATADORA
06. ENCANTADA
07. ESPERANÇA
08. IMPULSO IRRESISTÍVEL
09. DOCE INFÂNCIA 2
10. SABER VIVER
11. BÁRABARA ELLEN (PALMIRA VALENTE)
12. NOSSO PASSADO
13. DEEP BLUE
14. DOCE INFÂNCIA 3
15. TRISTENSE
16. AMBIGUIDADE
17. CONECTANDO
18. ARMAÇÕES DE BÁRBARA
19. CARICATURA DE SI MESMA
20. SAMBA ROCK
21. CÔMICO CLOWN
22. SEM NOÇÃO
23. RAPIDINHA
24. IMPULSO IRRESISTÍVEL 2
25. VIVENDO PERIGOSAMENTE
26. TEMPERAMENTO KAMIKAZE
27. TRAGICÔMICA
28. AGRESSIVO
29. MULHER MANGABA

Tema de Abertura: TODA FORMA DE AMOR – Sambô

Eu não pedi pra nascer
Eu não nasci pra perder
Nem vou sobrar de vítima
Das circunstâncias
Eu tô plugado na vida
Eu tô curando a ferida
Às vezes eu me sinto
Uma mola encolhida

Você é bem como eu
Conhece o que é ser assim
Só que dessa história
Ninguém sabe o fim
Você não leva pra casa
E só traz o que quer
Eu sou teu homem
Você é minha mulher

E a gente vive junto
E a gente se dá bem
Não desejamos mal
A quase ninguém
E a gente vai à luta
E conhece a dor
Consideramos justa
Toda forma de amor…

Veja também

  • leidoamor

A Lei do Amor

  • anjomau97_logo2

Anjo Mau (1997)

  • tititi2010_logo

Ti-ti-ti (2010)