Sinopse

Arlete (Camila Queiroz), uma jovem do interior de São Paulo, chega à capital com um sonho: ser modelo. Ela conhece Visky (Rainer Cadete), um booker que se encanta imediatamente por ela e a convida para fazer parte do casting da agência comandada por Fanny Richard (Marieta Severo).

O novo trabalho vem a calhar. Arlete e a mãe, Carolina (Drica Moraes), vão morar com a avó, Hilda (Ana Lúcia Torre), mas as coisas não andam nada bem. Ela até consegue uma bolsa para estudar em um colégio excelente, mas falta dinheiro para as coisas básicas, como pagar a conta de condomínio. Arlete só pensa em ajudar em casa. Justamente por isso, Carolina aceita que a filha modele. Essa ideia nunca foi muito bem recebida por essa mãe, uma mulher simples e dedicada à família. Carolina abriu mão dos estudos muito cedo e nunca teve uma carreira. Futuro que ela não planeja para Arlete.

Os olhos de Fanny também brilham ao encontrar Arlete. Experiente e ambiciosa, ela vê na menina um caminho promissor. Angel, como ela é batizada artisticamente pela empresária, tem beleza e juventude. Mais do que estar nas passarelas e em campanhas publicitárias, Angel tem para ela outra serventia. Disfarçada de oportunidade, a garota é apresentada a um submundo: Fanny a convida para integrar outro tipo de catálogo, aquele que é conhecido como “book rosa”. Mas Angel só entende do que se trata quando as regras do jogo ficam claras: prostituição de luxo.

A princípio, Arlete fica receosa. Mas logo ela entende que o “book rosa” pode ser o meio mais rápido para multiplicar seus cachês e desafogar as finanças em sua casa. E é como prostituta que Arlete/Angel acaba vivendo uma intensa paixão com o rico empresário Alexandre Ticiano, o Alex (Rodrigo Lombardi), que, extasiado pelo sentimento que nutre pela jovem, se envolve com a mãe dela, Carolina, para ficar perto da garota e tê-la quando quiser, num jogo de amor e desejo arriscado que tem tudo para um final trágico.

Globo – 23h
de 8 de junho a 25 de setembro de 2015
64 capítulos

novela de Walcyr Carrasco
escrita por Walcyr Carrasco e Maria Elisa Berredo
colaboração de Bruno Lima Penido
direção de Allan Fiterman, André Barros e Mariana Richard
direção geral de André Felipe Binder, Natália Grimberg e Mauro Mendonça Filho
direção de núcleo de Mauro Mendonça Filho

Novela anterior no horário
O Rebu

Novela posterior
Liberdade Liberdade

CAMILA QUEIROZ – Arlete / Angel
RODRIGO LOMBARDI – Alex (Alexandre Ticiano)
DRICA MORAES – Carolina
MARIETA SEVERO – Fanny Richard (Rita de Cássia)
REYNALDO GIANECCHINI – Anthony Mariano
GRAZI MASSAFERA – Larissa
ÁGATHA MOREIRA – Giovanna
GABRIEL LEONE – Guilherme
RAINER CADETE – Visky
EVA WILMA – Fábia
ANA LÚCIA TORRE – Hilda
GUILHERMINA GUINLE – Pia Lovatelli
FERNANDO EIRAS – Maurice Argent
DIDA CAMERO – Lurdeca
JOÃO VITOR SILVA – Bruno
FLÁVIO TOLEZANI – Roy
FELIPE DE CAROLIS – Sam
GENÉZIO DE BARROS – Oswaldo
BEL KUTNER – Darlene
TARCÍSIO FILHO – Rogério
LARYSSA DIAS – Viviane
MOUHAMED HARFOUCH – Dr. Everaldo Ramirez
ADRIANO TOLOZA – Ígor
RAPHAEL SANDER – Léo
FELIPE HINTZE – Eziel
BELLA PIERO – Nina
MARIANA MOLINA – Patrícia
RAPHAEL GHANEM – Dudu
GIULIANO LAFAYETTE – Caco
JÉSSICA CÓRES – Lyris
PEDRO GABRIEL TONINI – Edgard
JOÃO CUNHA – Joel
GLÁUCIO GOMES – Robério Sá
NATHALIA RODRIGUES – Estela
ANA BARROSO – Divanilda
YASMIN BRUNET – Stephanie
RHAISSA BATISTA – Mayra
CHRISTIAN VILLEGAS – Daniel
ALESSANDRA AMBRÓSIO – Samia
YACANÃ MARTINS – Sabina
SYLBETH SORIANO – Leidiana
FERNANDA ERAS – Eunice
WERLES PAJERO – Raulino
a menina
MARIA EDUARDA MILIANTE – Yasmin
e
ÁLAMO FACÓ – Emanoel (evangélico que leva Larissa para a igreja)
ALEXANDRE MOFFATTI – pai de Carolina, nas cenas de flashback em que ele a ensinava a atirar, quando ela era criança
ALÉXIA DESCHAMPS – Líndice (amiga de Pia)
ANA PAULA BOTELHO – arrumadeira do hotel subornada por Fanny
ANDERSON MELLO – homem que tenta agarrar Arlete durante um churrasco quando ela estava morando com o pai
ANDREY LOPES – cabeleireiro de Pia
BETH ZALCMAN – enfermeira que vai pegar Fábia em casa para levá-la para o asilo
BIA MONTEZ – diretora do asilo onde Fábia é internada
BRENNO DE FELIPPO – policial que recebe Hilda quando ela vai à delegacia buscar Arlete
CAMILA MAYRINCK – Bel (garota com Guilherme flagrada por Arlete)
CHARLES FRICKS – médico da clínica onde Bruno é internado
CLÁUDIO GALVAN – médico que cuida do braço de Fábia
CLÁUDIO MENDES – pai de Nina, a favor da liberação da maconha
DANIELA CARVALHO – garota que dá um depoimento no grupo de terapia de Bruno
DAVID Y. W. POND – Ming (empresário cliente do book rosa da agência de Fanny)
GILBERTO MIRANDA – gerente do hotel vagabundo onde Larissa e Roy se hospedam
GIULIO LOPES – Renato (pai de Guilherme)
HENRIQUE TAXMAN – advogado de Alex
HILKA MARIA – corretora que mostra um flat para Anthony e dá em cima dele
JACK BERRAQUERO – drogado que vende drogas a Larissa e Roy
KIRIA MALHEIROS – Carolina (criança)
LÍLIAN BLANC – Ingrid (do grupo de amigas de Fábia)
MÁRCIO MACHADO – maquiador que implica com Larissa
MARCO MARCONDES – cliente de Larissa
MARCOS FRANÇA – delegado quando Arlete é presa após um cliente morrer com ela
MARTHA MEOLA – Silvia (mãe de Guilherme)
MAURÍCIO BRANCO – Dante (estilista que faz uma seleção com os modelos da agência de Fanny)
MYRIAN PÉRSIA – companheira de Fábia no asilo
PAULO CARVALHO – médico de Fábia
RICARDO PAVÃO – comprador de uma jóia de Fábia
SÉRGIO STERN – barman que conversa com Alex
SHIMON NAMIAS – advogado que Carolina contrata para ajudar o Dr. Everaldo quando ele vai preso
SIMON PETRACHI – cliente de Larissa
TESSY CALLADO – Mirtes Guerra (dona de um evento ridicularizada por Larissa)
THERESA AMAYO – do grupo de amigas de Fábia

– núcleo de ARLETE (Camila Queiroz), nascida e criada no interior, é uma jovem linda e sonhadora. Seu maior desejo é ser modelo profissional. Ao se mudar com a mãe para São Paulo, conhece uma empresária que a oferece a chance de realizar seu sonho e torna-se a modelo ANGEL. Mas descobre que a avó está em dificuldades financeiras e é apresentada a um lado obscuro do mundo da moda, o book rosa, um catálogo de prostituição de luxo:
a mãe CAROLINA (Drica Moraes), casou-se muito cedo e engravidou, interrompendo os estudos. Sua única filha é seu grande amor. Dedicou todo o seu tempo a cuidar da família, mas, ao descobrir que o marido era infiel, se separou e mudou-se com Arlete para São Paulo, para o apartamento de sua mãe. Muito ética, e um tanto inocente e ingênua, se preocupa com o sonho da filha de se tornar modelo, sem imaginar os desafios que a jovem enfrenta e os segredos que ela esconde
a avó HILDA (Ana Lúcia Torre), mulher de saúde frágil, possui princípios morais rígidos, com os quais educou a filha. Foi professora durante a vida toda e hoje tem que se sustentar com uma pequena aposentadoria, que não foi suficiente para pagar as contas do condomínio, que podem fazê-la perder seu apartamento
o professor aposentado OSWALDO (Genézio de Barros), melhor amigo de Hilda, apaixonado por ela, mas não correspondido, a princípio
o médico EVERALDO RAMIREZ (Mouhamed Harfouch), contrata Carolina para trabalhar como secretária em seu consultório e imediatamente se interessa por ela. Esconde fatos sobre sua vida profissional: sua clínica faz abortos ilegais.

– núcleo de ALEX (Rodrigo Lombardi), rico e poderoso empresário da indústria têxtil. Cínico e frio, usa seu dinheiro para comprar tudo o que quer, inclusive as pessoas. Gosta de se relacionar com mulheres bem mais jovens. Ao conhecer Angel através de um programa, apaixona-se perdidamente, mas rompem. Obcecado pela garota, decide casar-se com Carolina para tê-la por perto, conduzindo-a a um arriscado jogo de desejo:
a namorada, no início, SÂMIA (Alessandra Ambrósio), belíssima ex-modelo de sucesso
o assessor ROBÉRIO SÁ (Gláucio Gomes), seu braço direito, está sempre correndo para resolver seus problemas e lhe dar conselhos, mesmo não sendo escutado muitas vezes
a secretária ESTELA (Nathalia Rodrigues)
a empregada EUNICE (Fernanda Heras), passa a chantageá-lo ao descobrir seu caso com Arlete
o motorista RAULINO (Werles Pajero).

– núcleo de FANNY RICHARD (Marieta Severo), dona de uma agência de modelos, uma mulher elegante, experiente e ambiciosa, apaixonada por um homem bem mais jovem. Usa o negócio para conseguir aquilo que realmente lhe interessa: dinheiro e poder. Para dar a impressão de boa pessoa, mantém uma ONG que auxilia crianças. Amiga de Alex, será a responsável por introduzir Arlete no mundo da moda e no book rosa, a fim de ganhar dinheiro do empresário através da garota:
o booker VISKY (Rainer Cadete), homossexual afetado e escandaloso, responsável por trazer Arlete para a agência. Cúmplice de Fanny nos momentos difíceis, faz tudo que sua “absoluta” manda
a recepcionista e contadora na agência LURDECA (Dida Camero), prima de Fanny, gorda assumida que odeia as modelos “devoradoras de alface”. Sempre mal-humorada, vive implicando e trocando farpas com Visky, mas, curiosamente, acabam se envolvendo em segredo
as modelos que fazem book rosa : STEPHANIE (Yasmin Brunet), MAYRA (Rhaisa Batista) e LYRIS (Jéssica Córes)
os modelos LÉO (Raphael Sander), disputado de forma platônica por Visky e Lurdeca, e DANIEL (Christian Villegas)
SAM (Felipe de Carolis), veio do interior para tentar uma oportunidade como modelo, mas sua carreira nunca decolou, se sustenta vendendo drogas para as modelos
o noivo de Lyris, EDGARD (Pedro Gabriel Tonini), surta quando a noiva acusa Alex de tê-la estuprado e começa a arquitetar um plano para assassinar o empresário. Ao descobrir que a noiva fez book rosa por escolha própria, a mata.

– núcleo de ANTHONY MARIANO (Reynaldo Gianecchini), namorado de Fanny, ex-modelo. Vem de uma família tradicional que perdeu todo o dinheiro e banca os luxos da mãe. Para viver com conforto, se relaciona com Fanny, que é apaixonada por ele e o sustenta. Gosta dela, mas mantém o relacionamento por interesse nos negócios, e fora deles:
a mãe FÁBIA (Eva Wilma), foi rica e teve uma vida social intensa, circulando nas altas rodas, mas, na velhice, pouco lhe sobrou. É sustentada pelo filho, que sempre lhe dá dinheiro – que ela gasta em muito álcool e almoços em restaurantes caros com as amigas dos velhos tempos
o estilista francês MAURICE ARGENT (Fernando Eiras), de renome internacional, se encanta por ele e topa fazer um desfile de sua marca com a agência de Fanny em troca de uma noite com ele. Mas essa história não acaba por aí.

– núcleo de LARISSA (Grazzi Massafera), modelo veterana da agência de Fanny, envolve-se ocasionalmente com Sam. No passado, viveu bons momentos, mas hoje, na idade de se “aposentar” das passarelas, precisa de dinheiro para sustentar ela e a mãe, ainda que por meio do book rosa. As dificuldades da profissão a levam a entrar cada vez mais fundo no consumo de drogas:
a mãe DIVANILDA (Ana Barroso), que sabe de todas as verdades sobre a agência, pois precisa do dinheiro da filha. Entra em desespero ao ver a queda de Larissa no mundo das drogas, mas não tem forças para recuperá-la
o namorado ROY (Flávio Tolezani), ex-modelo que teve problemas com drogas, chegou a morar na rua, responsável por fazê-la se afundar cada vez mais no consumo de crack e levá-la para a Cracolândia.

– núcleo de PIA LOVATELLI (Guilhermina Guinle), ex-mulher de Alex, chique e consumista, nasceu rica, mas recebe dele uma gorda pensão. Namora seu personal trainer, bem mais jovem, a quem dá uma boa vida. Não leva o relacionamento a sério, até o momento em que fica grávida e em dúvida sobre abortar ou não:
os filhos com Alex: GIOVANNA (Agatha Moreira), menina arrogante, que gosta de chocar e incomodar para ser notada. Popular na escola, lidera um grupo de jovens ricos e preconceituosos que praticam bullying contra os colegas, como Arlete. Decide ser modelo e envolve-se com Anthony, tornando-se uma grande rival de Fanny,
e BRUNO (João Vítor Silva), ao contrário da irmã, não causa problemas, é estudioso e pretende ser o sucessor de Alex nos negócios. Apaixona-se pela modelo Stephanie sem saber que o pai a pagava para sair com ele. Ao descobrir a verdade, tem uma grande decepção e envolve-se com drogas
o sobrinho GUILHERME (Gabriel Leone), vive uma vida de luxo sustentada pelo pai fazendeiro. Diz que quer estudar medicina, mas na verdade não quer fazer nada. Ao conhecer Arlete, imediatamente se interessa por ela
o namorado IGOR (Adriano Toloza), personal trainer, sempre quis ter um relacionamento estável, mas ela foge da questão
a empregada LEIDIANA (Sylbeth Soriano), ajudou a criar Giovanna e Bruno.

– núcleo de ROGÉRIO (Tarcísio Filho), pai de Arlete. Durante anos viveu uma vida dupla, com outra família. Quando Carolina descobriu a verdade, o abandonou e se mudou:
a segunda mulher VIVIANE (Laryssa Dias), sua ex-secretária e amante. Mulher atraente, mas vulgar, vê Carolina e Arlete como rivais. Acaba descobrindo que a enteada faz book rosa
a filha pequena, com Viviane, YASMIN (Maria Eduarda Militante).

– núcleo de colégio onde Arlete e Giovanna estudam:
a diretora SABINA (Yaçanã Martins)
a professora DARLENE (Bel Kutner), aluga um quarto na casa de Hilda. Quando Carolina chega em São Paulo, a ajuda a conseguir emprego e uma bolsa para Arlete estudar no colégio. Desconfia da facilidade com que Arlete começa a ganhar dinheiro após se tornar modelo
o professor JOEL (João Cunha), noivo de Darlene
os alunos NINA (Bella Piero), a de cabelos roxos, amiga de Giovanna. Inteligente, é a melhor aluna da turma,
PATRÍCIA (Mariana Molina), também amiga de Giovanna, forma um trio com ela e Nina. Apaixonada por Guilherme, tem ciúmes dele com Arlete,
DUDU (Raphael Ghanem), engraçado e descompromissado,
CACO (Giuliano Lafayette), amigo de Guilherme e Caco, já se envolveu com Giovanna, assim como vários garotos do colégio
EZIEL (Felipe Hintze), sofre bullying por ser pobre e gordo. Ao conhecer Arlete, torna-se seu amigo e se apaixona por ela, mas não é correspondido.

Verdades Secretas foi a novela da faixa das onze horas da noite de maior repercussão do horário desde a sua implantação, em 2011. E a de maior audiência: terminou com média final de 20 pontos no Ibope da Grande São Paulo – anteriormente, os remakes de O Astro e Gabriela fecharam em 19.
O público vibrou com uma premissa pouco coerente, mas ousada: o homem que se casa com uma mulher apenas para ser amante da filha dela.

O submundo da moda serviu como pano de fundo. A novela discutiu prostituição de luxo – o chamado “book rosa” – e drogas. Sobre esses assunto, falou o diretor de núcleo Mauro Mendonça Filho:
“São assuntos que estão aí. Não existe um voyeurismo nesses temas, nem nenhuma bandeira para levantar. Tampouco há excesso de compaixão ou de crítica. Vamos mostrar que a barra pesada existe, e existe para todo mundo. Por mais que tenhamos uma história que trate do mundo da beleza, vamos mostrar que por trás deste universo há uma coisa muito dolorosa, doída. Há um preço para tudo. Tivemos a preocupação de fazer tudo com a elegância, que é a melhor forma de equilibrar assuntos delicados. Além de bom gosto, senso de ética e respeito.”

O autor, Walcyr Carrasco, um bom criador de histórias, fez de Verdades Secretas uma novela de voyeurismo e, do telespectador, a testemunha ocular de sua trama como aquele que espia a vida alheia pela fechadura da porta, sozinho, na calada da noite, ávido por uma sacanagenzinha.
Desta forma, quase tudo foi mostrado, como raras vezes mostrou-se antes em uma novela: drogas, homossexualidade e prostituição (tudo junto ou separado), com boa carga erótica e muita nudez. Este recheio, muitas vezes, soou gratuito, mas deu um tempero especial à produção e garantiu boa repercussão.

A trama envolvente e a ousadia das abordagens fizeram de Verdades Secretas uma das melhores novelas do autor. Carrasco, desta vez mais comedido nos diálogos e cauteloso no humor, apresentou-se bem mais sutil do que o usual, quando comparado com trabalhos anteriores. Isso é considerado já que sua peculiar falta de sutileza nos diálogos e no humor – característica do autor – poderia pôr a perder todo o excelente trabalho da direção. Mas não.

Ainda que a história central e seu desenrolar soasse pouco coerente ou crível. Ainda que os xingamentos entre o exagerado Viscky (Rainer Cadete) e sua amiga/inimiga/amante Lurdeca (Dida Camero) tenham preenchido a cota carrasquiana. E ainda que alguns diálogos, em momentos isolados, parecessem forçados – como aquele “acerto de contas” entre Alex e seu filho (Rodrigo Lombardi e João Vitor Silva) que levou o garoto a afundar-se nas drogas.

Ponto para a direção, que conseguiu driblar, ou mascarar, algumas falhas de roteiro. O que seria da história de Walcyr Carrasco não fosse a direção primorosa de Mauro Mendonça Filho e sua equipe. A proposta estética e a fotografia sofisticadas, o esmero nas tomadas, a trilha sonora escolhida a dedo para cada tipo de cena e a direção de atores contribuíram para um resultado final poucas vezes visto na televisão. Evidente que a seu favor, autor e diretor tiveram o horário e o formato (novela mais enxuta, com menos tramas e personagens), o que permitiu extrapolar o trivial e apresentar um trabalho mais bem acabado.

O elenco respondeu à altura da proposta. A estreante Camila Queiroz (Arlete/Angel) fez bonito, passando a naturalidade e a jovialidade exigidas pela personagem.
Drica Moraes se destacou com sua Carolina, uma personagem complexa que poderia beirar o ridículo (por conta de sua trajetória na trama) não fosse a dimensão dramática que a atriz lhe conferiu.
Marieta Severo exorcizou seu último trabalho. Fanny em nada lembrou Dona Nenê da série A Grande Família.
Eva Wilma emprestou toda a sensibilidade que sua personagem, Dona Fábia, demandava, num trabalho preciso e marcante. É outra atriz que consegue extrapolar o texto, lhe dando credibilidade.
Destaque também para Ágatha Moreira (Giovanna), João Vitor Silva (Bruno) e Rainer Cadete (Viscky), muito bem em seus papéis.
Outra que muito brilhou – tendo inclusive desviado os holofotes da trama central – foi Grazi Massafera, como a modelo drogada Larissa. Grazi surpreendeu não apenas com a caracterização e com as várias cenas difíceis exigidas, envolvendo drogas, prostituição e cracolândia. A atriz conseguiu passar a verdade nua e crua da personagem de forma visceral, arrancando elogios de toda parte.

As gravações aconteceram em diversos pontos da cidade de São Paulo, como Vila Madalena, Vila Leopoldina, Cidade Jardim, Praça Benedito Calixto, Centro, Avenida Faria Lima, Barra Funda, Parque Cândido Portinari, Parque Trianon e Parque do Povo.
O ponto alto das gravações na capital paulista foi a experiência vivida na São Paulo Fashion Week, a semana de moda da cidade. Elenco e produção circularam e gravaram pelos bastidores, sem interferir no ambiente real, nas dinâmicas dos desfiles e do backstage.

Grande parte da cidade cenográfica estava tomada pela escola onde estudavam as personagens Arlete (Camila Queiroz) e Giovanna (Ágatha Moreira), uma escola de classe média alta. O espaço contava com salas de aula, cantina, quadra, pátio, corredores e biblioteca. A equipe de cenografia optou por móveis mais contemporâneos – laptop eram usados em sala de aula.

Mauro Mendonça Filho falou sobre a fotografia da novela:
“A gente buscou na fotografia um ‘colorido dark’. Parece ser uma proposta estranha, porque quando se fala em dark, a pessoa normalmente pensa em preto e branco. Mas usamos cores expressionistas, bem jovens. Cores ácidas, tons de verde, azul, roxo, laranja. Eu acho que São Paulo é uma cidade bastante colorida, alegre. É uma cidade divertida. Um lugar para curtir. É o tom que a gente está dando a essa cidade, pulsante, cheia de guetos, becos e lugares diferentes, com atitudes diferentes. É um colorido dark de São Paulo.”

Verdades Secretas foi a vencedora do Emmy Internacional (prêmio norte-americano de televisão) de melhor novela de 2015.
Também foi eleita pela APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) a melhor novela do ano e rendeu a Mauro Mendonça Filho o prêmio de melhor diretor e a Grazi Massafera, o de melhor atriz.
Foi ainda premiada com o Troféu Imprensa de melhor novela, melhor atriz (Grazi Massafera) e revelação do ano na TV (Camila Queiroz).

Trilha Sonora Instrumental Música original de João Paulo Mendonça

verdadessecretast
01. SP SOLAR
02. TURMA FELIZ
03. MELANCOLIA PAULISTANA 4
04. MELANCOLIA PAULISTANA 3
05. SP NUBLADO
06. SP NUBLADO (sem cordas)
07. ESTRANHA BELEZA
08. DARK DESIRE
09. DESARMADA 2
10. PINTURA PAULISTA
11. INTERIOR SOLAR
12. SELLING SEX
13. O TICIANO
14. AGÊNCIA SUSPEITA
15. PAULISTA LONER
16. EMPRESAS TICIANO
17. SILLEJON 2
18. AGENCIAMENTO
19. SLOWDOWN
20. TÁ MALUCO CARA?
21. PACTO INTERNO 2
22. BOM PARTIDO
23. EM EXPANSÃO
24. EM EXPANSÃO (piano solo)
25. SUTIL HOQUETO

músicas tocadas na novela:

SENTIMENTAL – Los Hermanos
CRIANÇA – Marina Lima
AINDA PENSO – Thais Alvarenga
MARIA 3 – Supercordas
O MUNDO É UM MOINHO – Cazuza
PEQUENA MORTE – Pitty
PRUMO – Tulipa Ruiz
SUA ESTUPIDEZ – Gal Costa
UM LUGAR DO CARALHO – Jupiter Maçã
UM SONHO – Nação Zumbi
EU AMO VOCÊ – Céu
ANGEL – Massive Attack
A LETTER TO ELISE – The Cure
ALL NIGHT LONG – SexyJazz
ARTIFICIAL NOCTURNE – Metric
GHOSTS AND CREATURES – Telekinesis
GOLDEN HOURS – Barbara Ohana
LOVE ME TENDER – Pato Fu
RACIONAL CULTURE – Tim Maia
SAINTS – Moby
SUNSET – KNTAK
THE LAST DAY – Moby featuring Skylar Grey
WHAT IF – Bianca

Tema de abertura: ANGEL – Massive Attack

You are my angel
Come from way above
To bring me love

Her eyes
She’s on the dark side
Neutralize
Every man in sight

Love you, love you, love you…

You are my angel
Come from way above

Love you, love you, love you…

Veja também

  • ooutrolado

O Outro Lado do Paraíso

  • etamundobom

Eta Mundo Bom!

  • mordeeassopra_logo

Morde e Assopra

  • gabriela2012_logo

Gabriela (2012)