Bastidores

Em 1990 o SBT decidiu ressuscitar a série Alô, Doçura!, um antigo sucesso da Tupi dos anos 1950, do qual já não existiam mais episódios gravados. A emissora de Silvio Santos comprou os direitos dos roteiros originais e adaptou-os para a atualidade. Com o investimento nesse formato, o SBT pretendia divertir gastando pouco e atingir o mesmo sucesso do primeiro Alô, Doçura!

Alô, Doçura! foi criada para o rádio por Otávio Gabus Mendes, pai de Cassiano Gabus Mendes, e recebeu o título de O Encontro das Cinco e Meia. No rádio o casal era interpretado por Haydée Miranda e Paulo Maurício. Cassiano adaptou o programa para Tupi entre 1953 e 1964.

Virgínia Novick e César Filho era o casal que foi interpretado por Eva Wilma e John Herbert na versão original. Com a maioria das tomadas em internas, a série era centrada nos problemas de comunicação entre um homem e uma mulher – o casal passava por situações diferentes a cada semana.

A série estreou em 05/11/1990, mesmo dia em que o SBT lançou a novela Brasileiras e Brasileiros. Foi exibida de segunda a sexta-feira, duas histórias por dia com a duração de 10 a 15 minutos.

Nos últimos episódios César Filho deixou o elenco e foi substituído por Gérson Brenner. Mas o programa não alcançou uma boa audiência para justificar a sua continuidade e foi cancelado antes de atingir uma temporada. Juntando as reprises, Alô, Doçura! estendeu-se até o dia 17/05/1991, quando foi substituída no horário pelo jornalístico Aqui Agora.

SBT
de 5 de novembro de 1990 a 1991

criação de Cassiano Gabus Mendes
roteiros de Gugu Keller
direção de Wálter Avancini e Paulo Trevisan

VIRGÍNIA NOVICK
CÉSAR FILHO
GÉRSON BRENNER

Veja também

  • grandepai_logo

Grande Pai

  • sbt_anos90

A Justiça dos Homens

  • bravagente_sbt_logo

Brava Gente (SBT)

  • teleteatro_logo

Teleteatro

  • alodocura53_logo

Alô, Doçura! (Tupi)