Sinopse

Decidido a mudar seu destino, Gonzaga (Land Vieira/Nivaldo Expedito de Carvalho) sai de casa jovem e segue para cidade grande em busca de novos horizontes e para apagar uma tristeza amorosa. Lá, ele conhece uma bela mulher, Odaléia (Nanda Costa), por quem se encanta. Após o nascimento do filho e complicações de saúde da esposa, ele decide voltar para a estrada para garantir os estudos e um futuro melhor para o herdeiro. Para isso, deixa o pequeno aos cuidados de amigos no Rio de Janeiro e sai pelo Brasil afora.

Gonzaga só não imaginava que essa distância entre eles faria crescer uma complicada relação, potencializada pelas personalidades fortes de ambos. Baseada em conversas realizadas entre pai e filho, essa é a história do cantor e sanfoneiro Luiz Gonzaga, também conhecido como O Rei do Baião ou Gonzagão, e de seu filho, popularmente chamado de Gonzaguinha.

Globo – 23h15
de 15 a 18 de janeiro de 2013
4 capítulos

roteiro de Patrícia Andrade
colaboração de George Moura
direção de Breno Silveira
direção de núcleo de Guel Arraes
coprodução com a Conspiração Filmes

LAND VIEIRA – Luiz Gonzaga (adolescente)
NIVALDO EXPEDITO DE CARVALHO (CHAMBINHO DO ACORDEON) – Luiz Gonzaga (jovem)
ADÉLIO LIMA – Luiz Gonzaga (velho)
NANDA COSTA – Odaleia Guedes dos Santos
JÚLIO ANDRADE – Gonzaguinha
JOÃO MIGUEL – Miguelzinho
LUCIANO QUIRINO – Xavier
SILVIA BUARQUE – Dina
ANA ROBERTA GUALDA – Helena
CLÁUDIO JABORANDY – Januário
CYRIA COENTRO – Santana (mãe de Gonzagão)
ZEZÉ MOTTA – Priscila
DOMINGOS MONTAGNER – Raimundo Deolindo
CECÍLIA DASSI – Nazinha (Nazarena)
ALISON SANTOS – Gonzaguinha (criança)
GIANCARLO DI TOMMASO – Gonzaguinha (jovem)
Cinebiografia do cantor e sanfoneiro Luiz Gonzaga – também conhecido como O Rei do Baião ou Gonzagão – em homenagem ao seu Centenário, completado em 12 de dezembro de 2012.
Mais um caso de filme que já foi lançado no cinema e se transforma em microsséria na Globo – como a recente Xingu, apresentada em dezembro de 2012.
O filme chega à televisão apenas um mês após ter saído de cartaz dos cinemas, onde foi visto por cerca de 1,5 milhão de espectadores.

O cineasta Breno Silveira conquistou o Brasil com o sucesso do filme Dois Filhos de Francisco (de 2005). Em 2012, apresentou também À Beira do Caminho, com canções de Roberto Carlos. E, agora, com Gonzaga, de Pai para Filho, a música brasileira novamente serve de pano de fundo, no caso, as cantadas por Gonzagão e Gonzaguinha.

A microssérie tem algumas cenas inéditas, como um novo prólogo, material de arquivo inédito e algumas músicas que não entraram no filme.
“A TV tem um outro ritmo, é mais acelerada. No cinema você está fechado numa sala, não tem nem como sair. Então você tem outro tempo, talvez até um ritmo mais encantador”, explicou o diretor, que mexeu na edição do material.

O roteiro foi assinado por Patrícia Andrade com a colaboração de Goeorge Moura, a mesma dupla que roteirizou a recente microssérie O Canto da Sereia.

Nivaldo Expedito de Carvalho, mais conhecido como Chambinho do Acordeon, foi selecionado entre mais de 5 mil candidatos para interpretar Luiz Gonzaga. Ele nunca tinha atuado antes. Sua inscrição para a disputa pelo papel, aliás, foi feita pela esposa, Daniela Piccino.

As filmagens começaram em 11 de dezembro de 2011, com a gravação de um show no Marco Zero, no Recife, com as presenças de Chambinho do Acordeon, Nando Cordel, Jozildo Sá e Santana. Depois, a equipe retomou as filmagens em fevereiro de 2012, com locações nas cidades de Exu, onde Luiz Gonzaga nasceu, Rio de Janeiro e nos arredores da Serra do Araripe.

Veja também

  • novomundo_logo

Novo Mundo

  • carinhadeanjo

Carinha de Anjo

  • rockstory

Rock Story

  • leidoamor

A Lei do Amor