Sinopse

Judas é um feirante meio grosseirão e romântico que tira o seu sustento em uma banca de peixes. Ao lado dele, na feira, batalham o amigo Prudêncio e o irmão Pedro. Juntamente com seu irmão, Judas sustenta dois sobrinhos órfãos: Adriano e Silvinha.

Numa residência próxima a de Judas, vive Dona Dulce, uma criatura gentil que tira seu ganha pão como empregada doméstica. É mãe de Marina que trabalha como secretária em um frigorífico. Ambiciosa, a moça tem um único objetivo na vida: conquistar o patrão e esquecer o passado repleto de dificuldades financeiras. Não suporta o tio Cristiano, um violinista sonhador e despreocupado.

Não muito longe dali, reside a professora Berenice e seu pai Salvador, já totalmente esclerosado. Berenice passa os seus dias dando aulas para os sobrinhos de Judas. É apaixonada pelo feirante, embora saiba que ele não a ama. Por sua vez, Judas ama desesperadamente Marina, ignorando que ela usa e abusa de sua boa fé.

Fátima da Conceição também mora nas proximidades. Feirante como Judas, trabalha ao lado dos filhos Nando e Tonho. Não se dá bem com Domitília, a futura sogra de seus filhos, que namoram as irmãs Simone e Priscila. Domitília, uma viúva cheia de pompa, se diz parente de Dona Domitila de Castro Canto e Melo, a Marquesa de Santos.

Judas, em crise financeira, é provocado por ingleses milionários donos de um frigorífico. Mrs. Evelyn não se conforma com os usos e costumes do Brasil. Seu filho William, que dirige o frigorífico, é alvo das investidas de Marina. A penúria de Judas acaba com a morte de um velhinho muito pobre que era seu amigo, Tomé. Na verdade, Tomé era um milionário que, desgostoso com a família, resolvera virar mendigo.

Judas recebe uma polpuda fortuna da herança de Tomé, o que faz com que Marina se volte para ele, atraída por seu dinheiro. Mas para ela, só restará a solidão, com o desprezo de Judas no altar.

Tupi – 19h
de 31 de maio a 27 de novembro de 1976

novela de Geraldo Vietri
direção de Geraldo Vietri e Duarte Gil
direção geral de Geraldo Vietri

Novela anterior no horário
Um Dia o Amor

Novela posterior
Tchan, a Grande Sacada

JONAS MELLO – Judas
BERTA ZEMEL – Berenice
MÁRCIA MARIA – Marina
WILSON FRAGOSO – William
SADI CABRAL – Tomé
LAURA CARDOSO – Fátima da Conceição
JOÃO JOSÉ POMPEO – Prudêncio
PAULO FIGUEIREDO – Pedro
DINA LISBOA – Dona Dulce
CHICO MARTINS – Cristiano
ETTY FRASER – Evelyn
KATE HANSEN – Katherine
MARISA SANCHES – Mildred
JOSÉ POLICENA – Salvador
SIDNÉIA ROSSI – Domitília
FLAMÍNEO FÁVERO – Nando
SOLANGE THEODORO – Simone
AGENOR VERNIN – Tonho
GLÓRIA NASCIMENTO – Priscila
ROBERTO ROCCO – Ronaldo
YARA MARQUES – Vitória
ARNALDO WEISS – Osvaldo
J. FRANÇA – Sr. Silva
IVANICE SENA – Marlene
LUÍS CARLOS PARREIRAS – Oscar
GILBERT STEIN – Gilbert
UCCIO GAETA – Carmine
JOÃO LUÍS – Adriano
MARIA CECÍLIA – Silvinha
PAULO PADILHA
OLNEY CAZARRÉ
XANDÓ BATISTA
YARA LINS
APARECIDA DE CASTRO
NATAL SALIBA
RÚBENS PIGNATARI
e
YVAN MESQUITA – novo chefe de Marina, no último capítulo

Os Apóstolos de Judas foi a segunda das últimas três novelas do autor/diretor Geraldo Vietri na Tupi, em que o protagonista era interpretado por Jonas Mello, que contracenava com Márcia Maria – as outras foram Meu Rico Português (1975) e João Brasileiro, o Bom Baiano (1978).

O triângulo amoroso Marina (Márcia Maria), Judas (Jonas Mello) e Berenice (Berta Zemel) lembrava fotetemente Nino, o Italianinho, do mesmo autor (Geraldo Vietri), também apresentada pela Tupi, em 1969.
Laura Cardoso, como Dona Fátima, também lembrava a personagem de Myrian Muniz na mesma novela.

Na criação do protagonista de Os Apóstolos de Judas, Vietri aproveitou episódios da vida de Jonas Mello, que havia sido feirante na vida real, quando ajudava seu pai em uma barraca de brincos e bijuterias. (*)

Duarte Gil dirigiu os últimos quinze capítulos da novela. (**)

O entrecho central da novela – o amor não correspondido de um feirante simplório por uma moça ambiciosa, que passa a corresponder-lhe quando ele fica rico – foi usado dentro da trama do remake de O Profeta, escrito por Thelma Guedes e Duca Rachid para a Globo em 2006. Nesta novela, Rodrigo Faro viveu o grosseirão Tainha, apaixonado por Gisele (Fernanda Rodrigues), que o desprezava mas que depois se interessou por ele quando o peixeiro enriqueceu.

Primeira novela na Tupi das atrizes Ivanice Sena e Solange Theodoro.

Por seu trabalho em Os Apóstolos de Judas, a APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) premiou Laura Cardoso como Melhor Atriz de 1976 (juntamente com Betty Faria, por Pecado Capital, e Yara Côrtes e Renata Sorrah, por O Casarão).
E Kate Hansen levou o prêmio de Revelação (juntamente com Pepita Rodrigues, por Anjo Mau).

Último trabalho do ator Paulo Padilha, que suicidou-se em 14/02/1977, pouco mais de dois meses após o fim da novela. Ele tinha 48 anos e jogou-se do quarto andar do prédio onde morava, em São Paulo.

(*) Fonte: Geraldo Vietri, Disciplina é Liberdade, Vilmar Ledesma, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2010.

(**) Fonte: De Noite Tem… Um Show de Teledramaturgia na TV Pioneira, Mauro Gianfrancesco e Eurico Neiva, Giz Editorial, 2007.

Trilha Sonora Nacional
apostolost1
01. BRANCA – Orquestra Continental
02. CRETINA – Tom & Dito (tema de Judas e Marina)
03. SAUDADE DE AMAR – Célia
04. TARDES DE LINDÓIA – Orquestra Continental (tema de abertura)
05. MENTIRAS – Márcio Prado
06. AMAR É VIVER – Carlos Lyra
07. MEU MUNDO DE ESPERANÇA – Joelma
08. ABISMO DE ROSAS – Orquestra Continental
09. RECORDAÇÕES – Sílvio Brito
10. RAPAZIADA DO BRÁS – Orquestra Continental
11. PRELÚDIO EM CONTRA-CANTO – Paulinho Nogueira
12. CHORO DE SAUDADE – Déo Rian
13. AS HISTÓRIAS DE AMOR SÃO SEMPRE IGUAIS – Denilson (tema de Judas e Marina)
14. VOCÊ TEM – Márcio Prado

Trilha Sonora Internacional
apostolost2
01. PARDONNE-MOI – Gilbert (tema de Judas)
02. Y TE VAS – Jose Luis Perales
03. EVERYTHING IS LOVE – Mighty Clouds of Joy
04. INHIBITION – Guido e Maurizio de Angelis (tema de Marina)
05. VOLANDO (SAILING) – I Dik Dik (tema de Berenice)
06. I’M GONNA LOVE YOU TO THE MAX – The Dramatics
07. WHY – Curly White
08. SAVE YOUR KISSES FOR ME – Bobby Vinton
09. NON TE NE ANDARE – Luciano Rossi (tema de Judas e Marina)
10. OLHO PRA NÃO VER NINGUÉM – Antônio Mourão (tema de Fátima da Conceição)
11. I HOPE WE GET TO LOVE IN TIME – Marilyn McCoo & Billy Davis Jr.
12. TRIANGOLO – Franco Simone (tema de Berenice e Judas)
13. UNE FEMME… (AVEC TOI) – Nicole Croiselle
14. I’LL SING THIS LOVE – Mitch Miller

Seleção musical e sonoplastia: Laurino Salvador
Supervisão musical: Cayon J. Gadia

Veja também

  • fabrica_logo

A Fábrica

  • vitoriabonelli_logo

Vitória Bonelli

  • meuricoportugues_logo

Meu Rico Português